9 de ago de 2016

Resenha - Os Instrumentos Mortais, Cidade do Fogo Celestial

Livro: Os Instrumentos Mortais, Cidade do Fogo Celestial #6
Série: Instrumentos Mortais
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 352
Gênero: Fantasia
Sinopse: "ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando. Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais."

*Alerta de spoilers dos livros antecessores. Se você não leu a série e pretende ainda lê-la recomendo a não leitura da resenha*

Após a pequena derrota de Sebastian e a descoberta do Fogo Celestial dentro do Jace, Idris e o mundo dos Caçadores de Sombras virou um caos. O primeiro, transformando os shadowhunters em seres malignos e o segundo de alguma forma tentando destruir o outro. No meio também temos a Clary, que também quer destruir seu irmão mas não tem tanta ideia. No meio das mortes, lutas e finais trágicos, a esperança levará todos a caminho tortuosos e decisões difíceis.

O que dizer de um livro que parece um salto enorme de todos os seus antecessores. Cassandra Clare nos trouxe um exímio de fantasia. Se você já se surpreendeu e amou a série, com esse o seu coração será arrebatado.

"Apaixonar-se uma única vez e morrer por amor. Meu antigo tutor costumava dizer que os corações dos Nephilim eram como os corações dos anjos: sentiam todas as dores humanas e nunca se curavam." pág. 64

A história já é iniciada num ritmo forte demonstrado que os acontecimentos seriam sucessivos e que não teríamos trechos para crescer o número de páginas. Aliás são poucos as narrações paralelas que fogem do tema central o que deixa tudo mais fechado. E a partir do momento que autora deixou de focar no amor "proibido" do Jace e da Clary, a narrativa cresce. Isso de focar no romance era um dos maiores erros desse segundo arco.

Novamente foi acertado a escolha de troca de pontos de vista, de troca de visões alternadas da mesma linha de raciocínio e de trazer mais pro primeiro plano personagens que eram do segundo. Temos mais participação de Simon, Isabelle, Alec, Magnus e toda turma. Temos uma morte inesperada nesse meio, que depois vemos tornar-se necessária pelo que queria ser construído. Tenho a sensação que teria outra forma de trabalhar isso, todavia a morte era o caminho mais fácil e a autora optou por esse.

"Heróis nem sempre são os que vencem. Algumas vezes são os que perdem. Mas eles continuam lutando, continuam voltando. Não desistem. É isso que faz deles heróis." pág. 79 

E o destaque, o que melhorou, o que cresceu em tudo foi o Sebastian. A partir do quarto livro, quando deu uma nova continuidade à Instrumentos Mortais, que já tinha um final satisfatório, não tinha personagens que pudessem se encaixar em um possível vilão. O irmão da Clary foi ressuscitado e jogado nesse meio e não me convencia. Seus motivos eram banais, suas escolhas medíocres e isso lhe tornava mimado. No momento em que constrói, enfoca e torna-o imortal apresentando uma personalidade conturbada, tudo faz sentido. Vemos uma melhor construção e com isso vem a aceitação de tudo que é feito. Faltava isso nos antecessores.

Outro ponto positivo foi a introdução de novos personagens que irão aparecer em uma nova série. Suas características já são colocadas em jogos e mostra o que nos aguarda. Aliás prepare seu coração porque surpresas nos aguarda nas páginas finais. Teremos um pequena reviravolta que pode colocar o final de um dos nossos protagonistas em jogo, e que ao meu ver também foi uma escolha acertada.

" Por que eles não são guardiões  adequados para este mundo? O que nos torna melhores? É porque eles não constroem, apenas destroem. Eles não amam, somente odeiam. Somos humanos  e falíveis, nós, Caçadores de Sombras. Mas se não tivéssemos a capacidade de amar, não poderíamos guardar os seres humanos; devemos amá-los para guardá-los." pág. 182

Confesso que esperava mais do epílogo contudo faz sentido com o todo. Foi uma leitura fluida, tensas em vários momentos e descrições de cenas ocorridas de formas acertadas. É um livro grande em quantidade de páginas porém que quando se entra no ritmo é lido de forma rápida. Um defeito e grande foi a falha da impressão das folhas. Eu comprei a primeira edição na época por causa do autógrafo da Cassandra Clare que veio em 2014 e por ser holográfico, só que em várias folhas a escrita está muito claro, letras faltando e isso dificultou um pouco. Não sei se a partir da 2° edição melhorou mas nessa está horrível.

Não tinha forma melhor de terminar uma série tão aclamada e que eu sou tão fã. Já estou sentido saudades do grupo e as atrapalhadas que eles se metiam, de serem corajosos e colocarem-se em situações de risco. Um ciclo se fecha e um novo ciclo se abre. Que venha Dama da Meia-Noite.

Alguém é fã de Cassandra Clare ou já leram os livros delas? Deixa nos comentários (;

13 comentários :

  1. bom que a autora não foca tanto em romance nesse volume, né? isso deve chatear os leitores da série, que querem ver algo a mais do que o casal hahahah

    enfim... li a resenha de boa, mesmo com spoiler porque não pretendo acompanhar a série... tentei ler o primeiro livro mas não fui além de umas 10 páginas, e a escrita não engrenava, por isso desisti...
    bjs...

    ResponderExcluir
  2. Oiii lindinha, como vai?
    Infelizmente eu não tenho nenhum interesse em realizar a leitura dessa série, ganhei o livro 4 e irei levar para o sebo para trocar com toda certeza, não consigo me agradar, parabéns pela incrível resenha e adorei saber a sua opinião <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Falam tão bem dessa série, mas eu nunca me interessei muito. Agora estou em uma fase de ler livros únicos. Nada de séries ou sagas hahah. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Sou louca para ler as obras da autora, mas ainda não tive a oportunidade.
    Quero comprar todos na edição holográfica.
    Adorei a resenha e ela só me deixou com mais vontade.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, confesso que pulei sua resenha, porque pretendo ler a série e não queria tomar spoiler do livro. Eu sei que essa série tem uma legião de fãs e é muito elogiada e recomendada e por isso quero muito lê-la, e sinto que vou acabar virando uma fã da série assim como muita gente.
    bjus

    ResponderExcluir
  6. Oi querida, eu segui sua dica e não li a resenha porque não quero spoiler e ainda não tomei a tal vergonha na cara para me deliciar nessa leitura. Vontade é o que não falta haha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana, tudo bem?
    Sempre leio resenhas positivas em relação a série e a escrita da Cassandra, mas ainda não tive aquele interesse súbito em ler todos os livros, a trama em si ainda não chamou tanto a minha atenção, mas quem sabe um dia esse interesse não surge. Acho legal essa inclusão de personagens já preparando para a próxima série de livros e também ver os personagens crescendo e se destacando deixam a leitura de uma série bem mais interessante. Enfim, não é uma leitura que me instiga no momento, mas vou deixar a dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá! tenho muita curiosidade em ler esta série, então segui seu conselho de não ler o post... não quero estragar as surpresas!

    bjo.
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente não li a resenha pelo seu alerta de spoilers, mas colocando aqui nos favoritos o post e quando ler os livros anteriores volto para ler ela...

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu sou fã de carterinha de TMI, já li a série e amo. No momento acompanhando a série Os Artifícios das Trevas, e prepara-se para Dama da meia-noite.
    Confesso que em Fogo Celestial eu não gostei da Emma, mas em Dama da meia-noite ela é demais. Também sinto saudades de acompanhar Jace e o grupo, mas vai ter os contos da Academia que vai dar um gostinho de voltar.

    Beijos
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente ainda não li nenhum livro da autora, por isso fiquei meio dessituada da história, mas que bom que ela soube escrever um livro tão bom e que fechou tão bem o ciclo.
    Espero ler algo dela em breve.

    ResponderExcluir
  12. Oiii.
    Eu começei a assistir a série da Netflix baseada nesses livros, estou simplismente facinada e pretendo conferir a esctita da autora em breve. Apesar de livros de fantasia não fazer meu estilo, se eles forem tão bons quanto a série eu com certeza vou amar.
    Adorei o post, parabéns
    Bjs Mary :)
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi flor!
    Eu tenho um problema com essa série, não consegui passar do segundo livro, mas acredito que o problema seja eu rsrs... li o primeiro livro com o pé atrás e decidi ler o segundo e foi um problema pois a leitura não me prendia. Mas eu penso em continuar, só não sei quando rsrs..

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir