18 de out de 2016

Resenha - Marcada

Livro: Marcada #1
Série: House Of Night
Autora: P.C. Cast e Kristin Cast
Editora: Novo Século
Páginas: 307
Gênero: Fantasia/Sobrenatural
Sinopse: "No primeiro volume da série House of Night, começa com a protagonista Zoey Redbird, que era uma garota comum, de 16 anos, até ser marcada pela Deusa Nyx. Esse mundo é igualzinho o nosso, mas os vampiros existiam desde antigamente e conviviam pacificamente com humanos até agora. A partir daí, sua vida muda completamente e ela tem que ir morar na House of Night, porque se não, seu corpo pode rejeitar a transformação, e ela irá morrer. Porém, ela era diferente dos outros calouros (vampiros antes de completar a transformação), pois sua marca de lua crescente era completa, e tem uma estranha conexão com a Deusa Nyx. Zoey vai descobrir que mesmo não sendo mais humana, sua vida estará longe de ser fácil, pois terá que aprender a controlar poderes que nem sabia que tinha, mas agora, com novos amigos e uma nova vida a apoiando. O que ela não conta é com um novo inimigo misterioso e poderoso, que está mais próximo do que Zoey imagina."

Eu lembro que quando li pela primeira vez o livro tinha 12 anos. Então passados 8 anos, meu tipo de leitura se modificou, eu amadureci, cresci e pela série ter 12 livros nunca tinha terminado. Com o último lançado em 2015, resolvi comprar e enfim reler a série. O receio de não gostar era muito grande afinal ler um livro feito para adolescente já adulta além de não dar certo, poderia me fazer esquecer aquele sentimento de gostar da série pelo que eu me lembrava. E a surpresa veio.

Com a mesma fluidez lido da primeira vez, a história e seu pano de fundo me fizeram passar as páginas rapidamente. Aqui conhecemos como funciona esse mundo vampiresco, onde os adolescentes marcados tem que viver em uma instituição perto dos vampiros - Morada da Noite - se não eles morrem e não se transformam. Para se tornar um vampiro, além de receberem uma marca de lua crescente na testa feita por um vampiro rastreador, eles tem que passar pela transformação e fazer com que essa marca seja preenchida e expandida, assim finaliza sua vida terrena e torna-se um vampiro. 


" — Zoey Montgomery! Fostes escolhida pela Noite; tua morte será teu nascimento. A Noite te chama; preste atenção para escutar Sua doce voz. Teu destino aguardar por ti na Morada da Noite!" pág. 13

Antes disso eles são considerados novatos, estudam na Morada da Noite com matérias relacionadas com essa nova vida e tentando passar por esse processo. Ah essas questões de alho, de ser queimado ao sol? Esqueça. O máximo que você irá se lembrar desses "clássicos" é que quando é vampiro adulto, necessita-se de tomar sangue e que o sol pode incomodá-los um pouco. Aqui também alguns deles tem poderes, que são relacionados com afinidades com elementos - água, terra, ar e fogo - ou afinidade relacionadas a natureza - animais, plantas.

E ai conheceremos a Zoey Redbird, uma menina que foi marcada por um Rastreador na escola em frente a sua amiga Kayla. Ao descobrir que foi marcada, Zoey vai para casa contar aos pais que está destinada a ser vampira e que precisa ir para Morada da Noite. Só que nada sai como queria e por isso  ela acaba indo para a casa da sua vó, e ali acontece situações que faz com sua marca no final seja toda preenchida. Zoey acaba ser tornando uma novata diferente. Novata e ao mesmo tempo vampira, ela tenta se descobrir na sua nova escola ao mesmo tempo que precisa desvendar os mistérios que Nyx quer com ela. 


" — Você é mais velha que sua idade, Zoey Passarinha. Acredite em si mesma e encontrará o caminho. Mas lembre-se, a escuridão nem sempre equivale ao mal, assim como nem sempre a luz traz o bem." pág. 51

Confesso que a escrita bem adolescente e com algumas gírias forçadas podem incomodar um pouco ao novo leitor, mas se você está acostumada a ler Thalita Rebouças, são estilos parecidos. Acho o pano de fundo e a fantasia riquíssima e que podem ser muito bem explorados. Ouvi falar que muitas pessoas acham que é plágio de Harry Potter, Crepúsculo ou algo assim mas confesso que não vi nada disso presente. Acho que é preconceito das pessoas em não darem chance, e acabam colocando isso como verdade na opinião.

O que pode incomodar muitas pessoas, porém ao meu ver se encaixa com a idade da protagonista, é a personalidade da Zoey. Ela toma decisões como uma menina de 16 anos, então possa ser que certas atitudes a façam parecer infantil, mas a idade dela condiz  com o que é passado. Outro ponto positivo é a amizade formada. Conhecemos a Stevie Rae, Damien, Erin e Shaunee, personagens que só tem a acrescentar a história e que pode nos trazer muitas surpresas ao desenvolvimento da série.


" Então senti sua pulsação com meus dedos. Seu coração estava batendo forte e rápido. Eu juro que dava para ouvir. E quando ele se debruçou sobre mim para me beijar outra vez, percebi que a veia em seu pescoço. Ela se mexia, batia forte como o sangue que corria por todo seu corpo." pág. 188

De maneira geral, para um livro curto - 307 páginas - que tem diagramação grande e espaçada, nos é apresentado bem o que o enredo quer nos mostrar. Nessa terceira leitura, consegui captar enigmas e atitudes que antes não tinha percebido e que mostra o possível caminho que a autora vai percorrer. Isso me animou demais porque são detalhes que quem se prende apenas ao romance que é formado, e é um trio, não vai perceber. 

Ao meu ver se as pessoas tirassem um pouco esse pré-conceito contra vampiros e lessem, iriam gostar. A escrita é sofrível? Depende do que a pessoa está acostumada a ler. Eu não me importei muito com isso, e a narrativa fluiu, mas se as pessoas já chegam com uma imagem negativa, achando que vai ser ruim, acabarão desistindo na primeira, segunda página.


" — A sálvia branca é usada em muitas cerimônias, respondi a Stevie Rae. Afasta as energias, espíritos e influências negativas." pág. 249 

Para quem está acostumado a ler o gênero, temos bastante características novas, uma cultura nova e emponderamento feminino, afinal temos uma Deusa. Então é uma nova perspectiva desse universo. Eu recomendo bastante para aqueles que estão na fase de 12 à 15 anos, ou que querem começar a ler e para aqueles que querem conhecer mundos novos. 

O livro é narrado pela nossa protagonista, em primeira pessoa e acho as capas lindas, apesar de serem quase as mesmas durante os 12 volumes. Como estou com esse projeto de reler para enfim terminar a série, já peguei a sequência dele que é Traída.

E vocês, já tentaram ler Marcada? Deixa nos comentários!

20 comentários :

  1. Já ouvi falar dessa série de livros, aliás já ouvi muito, mas nunca parei para prestar atenção sabe? Vampiros não são meu forte, acho que as histórias deles ficou um pouco enjoada demais, dai larguei de mão.
    Mas não tenho dúvidas que a leitura seja ótima, já vi muita gente gostando de Marcada e da Zoey.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Oie

    Não consegui passar do primeiro livro, acabei abandonando, acho que o que me incomodou muito foi exatamente a escrita bem adolescente e as gírias forçadas.
    Não sabia que eram 12 volumes, uau!!
    As capas são lindas mesmo.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. hun, acredito que a escrita forçada de gírias e com ar teen iria me incomodar bastante, ao ponto de me irritar mesmo com a leitura... já tentei ler Thalita e detestei... então realmente esse livro não é indicado pra mim... já tinha ouvido falar nessa série, mas a premissa em si já não me atraiu, saber desses pormenores só me fez ter certeza de que não é mesmo minha vibe...
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Meu estilo de leitura também mudou bastante nos últimos anos, e é interessante reler ou até pensar em alguns livros que eu muito amava e hoje, para mim, não fazem sentido ou seu significado tomou maior amplidão. Bom, eu não conhecia a série em questão e tive a impressão ser um livro bastante juvenil, até por este trecho de sua resenha “Confesso que a escrita bem adolescente e com algumas gírias forçadas podem incomodar um pouco ao novo leitor, mas se você está acostumada a ler Thalita Rebouças, são estilos parecidos.”, me deu a certeza que não sou o público leitor.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia esse livro mas fiquei curiosa, como também pela sequência.
    Com certeza, já anotei a indicação e está na lista de próximas leituras.
    Sucesso com o blog, bjo
    http://blogaventuraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu acabei perdendo o interesse nesta série, mas acho legal que você esteja fazendo a releitura para finalizar a série. Tenho certeza que está vendo outras coisas que a principio não viu. E sim, concordo que não apencom está série, mas com qualquer leitura temos que está com a mente aberta.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ola lindona ainda não li essa série por ser grande, mas é um tema que me agrada vampiros e adolescentes desde que não tenha aquele exagero de dramas, leio muitos elogios a série, quem sabe leia assim que acalmar um pouco minhas leituras. beijos e ótima resenha.

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Oii Ana, tudo bem?
    Menina estou fugindo de séries, normalmente sempre me deixam louca porque não consigo comprar as continuações, parabéns pela sua resenha que ficou incrível.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá, posso falar a a verdade? kk, espero que não seja julgada, mas esse livro está na minha lista dos livros que eu mais odiei em toda a minha vida, eu achei a escrita fraca, a história chata, os vampiros bem bizarros,não gosto tanto quando modificam uma história que já tem as coisas bem definidas, eu lembro que demoei anos para ler ele e quando terminei dei logo a uma amiga minha pois nem quis ficar com ele, nem sei como as autoras conseguiram fazer 12 livros dessa história, mas opnião é uma coisa bem pessoal, e se você gostou eu fico muito feliz por isso, pois se não houvesse tanta gente que gostasse da série ela não seria tão famosa e com tantos volumes

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu li esse livro quando era bem mais nova também, e acho que parei no volume 3, apesar de ter até o 6 aqui comigo, simplesmente eu esqueci dessa série, mas lembro que gostei muito enquanto eu lia e agora me deu a vontade de continuar a história, se bem que acho que terei que ler o primeiros volumes novamente.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana! Tudo bem?
    Conheço a série, mas nunca tive curiosidade em ler. Dessa vez passo a dica. Adorei sua resenha, como sempre, muito bem escrita! Bj

    ResponderExcluir
  12. Ooi! Não conhecia a série, e confesso que não gostei muito da ideia. Não sei se é porque não é a leitura que estou procurando agora ou se o fato de ser uma série grande me faz desanimar um pouco, já que sempre tem um livro que pode decepcionar um pouco rs
    Bom, parabéns pela resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Eu já li essa série e gostei bastante da história. Só não gostei que ela acabou sendo extensa demais.
    mas a narrativa é muito boa, e os personagens são bem carismáticos.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Aiiiinnn!! Que saudades da Zoey!!! <3
    Amei muita coisa essa série e li quando tinha uns 24! Nunca se é tarde de mais para curtir uma trama gostosinha e leve!!
    Saudade dessa galerinha da Morada da Noite!!

    #Ana

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Sempre vi muita gente falando sobre esses livros, mas nunca me interessei. Na verdade nunca parei para prestar atenção no que realmente se trata. Como você falou, antes eu ficaria mais empolgado para ler, mas agora eu não sei. Pode ser que eu me surpreenda não é? Ótima resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Confesso que quando eu era mais nova tinha uma certa curiosidade sobre a história desta série, mas aos poucos fui perdendo o interesse.
    Acredito que hoje não seria surpreendida pela história :(

    ResponderExcluir
  17. Olá, nunca li nada dessa série, não sei bem porque, já vi várias resenhas, acho que simplesmente não rolou.

    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bem? Não me vejo lendo essa serie, tanto pelo gênero como pela quantidade enorme de livros! 12!!! Acho que não teria saco para terminar kkk. Espero que você faça ótimas releituras. E adorei essa resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oie
    Tudo bem?
    Então eu nunca tentei ler a serie pelo mesmo motivo de você ter protelado por tanto tempo eu não gosto de serie muito grandes.
    Eu não sei se faria a leitura desse livro exatamente pelos motivos que você citou eu não gosto de escrita muito "juvenil" eu não curto muito a escrita da Rebouças e acho que o livro não foi escrito para mim.
    Não vou dizer que vou ler afinal são 12 livros porém adorei a resenha e a dica.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  20. Estou no momento no sexto livro da série e a única coisa que tenho a reclamar é da indecisão da Zoey com namorados. Ela me da nos nervos com tantos pretendentes e claro que já tenho os meus preferidos.kkkkk
    Traída foi um livro que me surpreendeu muito, durante as leituras das sequências você verá que irá ocorrer muitas mudanças, estou no sexto livro e a história já está completamente diferente, porém com os mesmo personagens. Isso é algo muito positivo na série House Of Night! <3

    ResponderExcluir