29 de jan de 2017

[TAG] Fogo Rápido

Começar o ano sem TAG, não é o meu típico, por isso mais um aqui. Essa na realidade vi no booktuber — especificamente no Livraria em Casa — e resolvi trazê-la para cá. Ela consiste em responder essas perguntas de forma rápida e com a primeira coisa que vier na cabeça. Então, como ela já é grande, vamos lá?




1. E-book ou Livro Físico?
Livro Físico. Tenho sérios problemas para ler qualquer coisa digital.

26 de jan de 2017

Resenha - Perdão Mortal

Livro: Perdão Mortal #1
Série: O Clã das Freiras Assassinas
Autora: Robin Lafevers
Editora: V&R
Páginas: 408
Gênero: Romance/Fantasia/Medieval
Nota: 4.5/5
Sinopse: Por que ser uma ovelha, quando você pode ser o lobo? Ismae Rienne, dezessete anos, escapa da brutalidade de um casamento arranjado no santuário do convento de São Mortain, onde as irmãs ainda servem deuses antigos. Lá ela aprende que o deus da Morte abençoou-a com perigosos dons e um violento destino. Se ela optar por ficar no convento, será treinada como uma assassina e servirá a Morte. Para reclamar sua nova vida, deve destruir a vida de outros. A mais importante atribuição de Ismae leva-a direto para o tribunal superior da Bretanha— onde se encontra terrivelmente sob preparada não só para os jogos mortais de intriga e traição, mas pelas impossíveis escolhas que deve fazer. Como entregar a vingança da Morte em cima de um alvo que, contra sua vontade, roubou seu coração?

Com uma exímia escrita Perdão Mortal nos traz uma história que agrada um público amplo. Desde aqueles que gostam de aventura quanto aqueles que gostam de romance. Com um toque fantástico temos a história de Ismae Rienne, uma menina que as 17 anos era pobre, sofria na mão do pai e estava prestes a se casar com alguém que não queria. Bruscamente sua vida muda e ela é levada para o Clã das Freiras Assassinas, um clã que servem ao Saint Mortain. 

O Deus da Morte — como o próprio nome já diz — coordena quem deve morrer ou não com ajuda de suas filhas na Terra. Ismae é uma delas e acaba sendo designada a tentar ajudar a Bretanha a impedir a invasão francesa achando o traidor que está atrasando as estratégias dos bretões para reverter essa invasão. Porém, como as vontades da abadessa do Clã, as de Mortain e até a dela mesmo são confusas, temos uma aventura épica pela França medieval onde veremos o que a nossa assassina é capaz.

23 de jan de 2017

Resenha - Play

Livro: Play #2
Série: Stage Dive
Autora: Kylie Scott
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 320
Gênero: Romance/Erótico
Nota: 5/5
Sinopse: Ele precisava de uma namorada de mentira. Ela precisava de ajuda financeira. Mas será que eles vão conseguir não misturar os sentimentos com os negócios? Mal Ericson, o baterista da mundialmente famosa banda de rock Stage Dive, precisa melhorar sua imagem, e rápido. Ter uma boa garota ao seu lado parece ser o suficiente. Mal não planejara que este artifício temporário se tornasse permanente; no entanto, ele não esperava encontrar o amor de sua vida. Anne Rollings jamais pensou que conheceria o rockstar que inundava as paredes de seu quarto na adolescência - especialmente não naquelas circunstâncias. Anne está com problemas financeiros, e dos grandes. Porém, ser paga para ser a namorada de mentira de um selvagem e festeiro baterista não poderia terminar bem, não importa se ele é muito gostoso. Será que um final feliz é possível nesse caso?

Definitivamente Malcolm é meu personagem favorito. Dando continuidade a série Stage Dive, entraremos agora na vida do nosso baterista mais querido. Após a redenção de David, Mal quer fingir um namoro na sua vida para que suas fãs larguem de vez seu pé e Anne era a pessoa ideal. Apaixonada desde a adolescência por ele, ela vê dentro desse romance fingido uma boa oportunidade para seus problemas que surgiram. O que não se esperava, é que o motivo real para que Mal fizesse isso era muito maior, e que seu coração, falaria mais alto.

Play tem um enredo bem mais amplo do que apenas ser mais um erótico. Aliás seu antecessor também. Mais uma vez me surpreendo com a facilidade que a Kylie tem de fazer a narrativa ser fluida, leve, e eu seus momentos quentes, fazer você suspirar. Novamente não nos vemos presos em apenas cenas de sexo, em erotismo,  mas uma trama com início, meio e fim. E a situação encontrada para que haja desenvolvimento — vamos lidar com o pai e a mãe de Malcolm — fizeram sentido para o que se é trabalhado.

20 de jan de 2017

Resenha - Cinquenta Tons de Cinza

Livro: Cinquenta Tons de Cinza #1
Série: Cinquenta Tons
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Páginas: 480
Gênero: Erótico
Nota: 3.5/5
Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

Mais uma leitura que esperei passar todo o burburinho para definitivamente começar 50 tons de Cinza. Com o segundo filme previsto para ser lançado agora em fevereiro de 2017, resolvi dar uma chance e lê-lo novamente, afinal como fiel fã de Twilight já tinha lido ela traduzida em fanfic.

50 Tons de Cinza nos traz a história de Anastasia Steele, uma estudante de literatura que terá que entrevistar o dono de uma grande empresa e bilionário chamado Christian Grey. Incumbida pela sua amiga, que está doente e a manda no seu lugar, Ana verá que ele passará a estar presente na sua vida mais do que imaginava. Com apenas um aperto de mão, e faíscas soltas, eles terão que lidar com suas personalidades bem opostas. Será capaz um amor sobreviver a costumes peculiares?

18 de jan de 2017

[PARCERIA NACIONAL] Judie Castilho

E é com grande prazer que anuncio a primeira parceria do Leituras Diárias com autores e logo com uma muito querida: Judie Castilho. É um prazer enorme ajudar nosso mercado nacional, por isso estou muito feliz em divulgar.

O Beijo da Morte é o primeiro livro da saga Sob A Luz das Galáxias. Disponível em formato físico lançado pela editora Chiado, já o encontramos em algumas livrarias: TravessaCultura e Martins Fontes. O segundo livro, À Sombra do Perigo, já está disponível em formato de e-book na Amazon e o terceiro estará em breve.

A Obra

Sinopse: Quando a paz no universo está ameaçada, um amor impossível pode se tornar uma poderosa arma nas mãos inimigas. Haysla e sua amiga, Violyt, estão iniciando uma nova fase em suas vidas.  Depois de passarem muitos anos na Terra, enfim chegou o dia pelo qual elas tanto esperaram! Elas estão completando 17 anos e ingressando na Academia Frantila, a escola mais prestigiada e disputada do universo.  Mas as coisas não serão fáceis para elas. A União Universal e seus 16 planetas aliados acreditam estar cada vez mais unidos e poderosos. Porém, uma grande conspiração intergaláctica está se formando. Seus planetas inimigos não querem mais viver à margem do universo. Eles estão em busca de poder e de um elixir que lhes garanta uma longa vida.  Para complicar ainda mais as coisas, Haysla está vivendo um peculiar triângulo amoroso.  De um lado, um amor leve, divertido, tranquilo... Possível. De outro lado, um amor ardente, avassalador, compulsivo... Mas impossível. E para viver este amor, Haysla não temerá consequências, e pode colocar todo o universo em sérios apuros. 

17 de jan de 2017

[LANÇAMENTOS] Desejados 2017

Como se bastasse ter parte I, agora chegamos nas editoras Grupo Editorial Record, Gutenberg e V&R — especificamente Plataforma 21. Estou bastante surpresa com muitas novidades na Plataforma 21 que se encaixam no que eu gosto. Vamos as sinopses e capas?

Grupo Editorial Record


Lord Of Shadows - Cassandra Clare

Previsão de lançamento: Maio de 2017 fora do país. Galera Record até agora não falou nada, mas acredito que saia até o final do ano. Segundo livro da série Artifícios das Trevas.
Sinopse: A ensolarada Los Angeles pode ser na verdade um lugar sombrio em “Lord of Shadows”, de Cassandra Clare, sequência do livro campeão de vendas do New York Times e USA TODAY “Dama da meia-noite”. “Lord of Shadows” é um livros sobre os Caçadores de Sombras. Emma Carstairs finalmente vingou seus pais. Ela pensou que estaria em paz. Mas ela está tudo, menos calma. Dividida entre seu desejo por seu parabatai Julian e seu desejo de protegê-lo das conseqüências brutais dos relacionamentos entre parabatai, ela começou a namorar seu irmão, Mark. Mas Mark passou os últimos cinco anos preso entre as fadas; Ele pode ser verdadeiramente um caçador de sombras mais uma vez? E as cortes das fadas não estão quietas. O Rei Unseelie está cansado da paz fria e não cederá mais às demandas dos caçadores de sombras. Pegos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar uma maneira de se unirem para defender tudo o que consideram mais importante – antes que seja tarde demais.[Tradução livre]

14 de jan de 2017

[LANÇAMENTOS] Desejados de 2017

O ano mal começa e já tem aquela avalanche de livros que serão lançados e que você já almeja. Continuação de séries, livros únicos, séries novas, enfim é uma enxurrada que dói seu bolso mesmo sendo espalhado durante o ano. Resolvi fazer os que mais desejo para esse ano, separando em duas partes — acredite, são muitos — separados por editoras. Hoje vocês verão os lançamentos almejados da Arqueiro, Darkside, Seguinte, Harper Collins e Rocco.

Darkside


The Beauty of Darkness - Mary E. Pearson

Previsão de lançamento: Apenas foi dito primeiro semestre de 2017.
Sinopse: Terceiro e último livro da série As Crônicas de Amor e Ódio, The Beauty of Darkness é conclusão de tirar o fôlego. Irá o destino de Lia ser cumprir?  Lia e Rafe escaparam de Venda e o caminho diante deles é sinuoso e perigoso – o que vai acontecer agora? A autora best-seller do New York Times combina intriga, suspense, romance e ação, tornando este um livro fascinante para os adolescentes. [Tradução livre]




11 de jan de 2017

Resenha - A Esperança

Livro: A Esperança #3
Série: Jogos Vorazes
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 419
Gênero: Distopia
Nota: 4.5/5
Sinopse: Katniss conseguiu sair da arena pela segunda vez, mas, mesmo assim, ainda não está a salvo. A Capital está irritada e quer vingança e, por isso, inicia uma represália a toda a população. Numa trama tão violenta quanto psicológica, Suzanne Collins consegue provocar, em A Esperança, um debate sobre a moral e os valores da guerra e as consequências das escolhas feitas por cada um dos personagens. Ser o símbolo da revolução tem um preço alto para Katniss, que terá que decidir o quanto da sua própria humanidade e sanidade ela poderá arriscar em nome da causa, dos seus amigos e da sua família. É pela voz da protagonista, ainda mais feroz e obstinada, que a autora desafia o leitor a refletir em meio a cenas cruéis de combate. Tudo isso numa narrativa brilhante, com viradas surpreendentes que levam a um desfecho chocante e original.

Após dois volumes, Jogos Vorazes chega ao fim. Com A Esperança nos trazendo o final de uma incrível história em que Katniss foi salva da arena para se torna o Tordo, símbolo dos rebeldes e incitando a guerra contra a Capital, temos uma eletrizante mistura de drama, guerra, romance, estratégias políticas e ficção. Chegamos ao fim da trilogia.

Com certeza foi o livro que mais me impactou. Suzanne não foi piedosa em nenhum cena, e em todo o momento em me sentia dentro da história, vivenciado as mortes, ao horror que se acontecia e principalmente ao que se passava na cabeça da Katniss. Mais uma vez, sendo peça de um jogo maior, ela se vê sem muitas alternativas a não ser aceitar o que lhe é imposto. Haverá mudanças, que serão bastantes satisfatórias e que serão inesperadas, mas que elucidarão esse argumento que digo. Seu psicológico será massacrado ao decorrer das páginas e isso só será o começo.



Após ela ser resgatada da arena junto com Finnick, Peeta deixado para trás será utilizando pelo Snow. E as situações que se seguirão por causa dessa ação, foram as que mais mexeram comigo. A autora brincou muito nesse limiar do suportável ao não suportável inúmeras vezes. Com toda certeza em algum momento o leitor irá sentir-se desconfortável. E essa "destruição" do Peeta foi o que desencadeou meu limiar de suportável.

É um livro bem forte, no que se diz de enredo, de brincar com o psicológico, e principalmente com relação aos jogos políticos. Quando pensamos que algumas estratégias não seriam usadas, o jogo muda e vemos tudo acontecendo. Terminei o livro perplexa, assim como no filme, em ver aonde o ser humano é capaz de chegar ao tentar alcançar o poder. 

Não é meu favorito por esses pontos que levantei, que me incomodaram bastante, mas que me acordaram para uma realidade diferente. Não sou uma leitora assídua de distopias e sair da minha zona confortável foi válido. Ele foi um divisor de águas para tudo que eu pensava.

"Minha batalha em curso contra a Capital, que frequentemente parecia uma jornada solitária, não foi empreendida sozinha. Eu tinha milhares e milhares de pessoas dos distritos ao meu lado. Eu era o Tordo antes de aceitar o papel." pág. 103

E principalmente o mais impactante é o quanto uma pessoa fora da opinião de massa pode fazer diferença. Nossa protagonista fez esse papel — às vezes como peão — mostrou sua força e seu caráter, se diferenciando dos outros. Peeta a mesma coisa, apesar de não ter sido muito utilizado. Esse questionamento da forma de sociedade vivida, levaram-os onde tinham que ir.

O romance, tratado mais ainda em segundo plano, nos deu cenas memoráveis para quem gosta e que acarretou em um final ao meu ver o melhor possível. Também tenho que dar créditos ao Haymitch, que teve um papel secundário durante toda a trajetória, mas que fez um diferencial enorme. Adorei o final dado para ele também — entretanto no filme é melhor.



Bem redondo e fechado, todos aqueles personagens destacáveis que acompanhamos tiveram um final, trágico ou não. Único adendo é que Finnick poderia ter sido tratado de uma maneira melhor. Ainda mantenho ele como meu personagem favorito, pelas suas atitudes, e o que lhe foi designado não me agradou em nada. Fora esse pequeno ponto, o desfecho foi digno de tudo que lemos.

Não é um exemplar em que esquecerei tão cedo porque as cenas mais marcantes são as mais chocantes. E isso é ótimo para dar um alerta de realidade. São poucos autores que me atingem dessa maneira, e a escrita dessa autora, ela me atingiu. 

E vocês, já leram a trilogia? Ou tem vontade? Deixa nos comentários.

"É como se ele estivesse falando as palavras novamente. 'Ah minha querida srta. Everdeen. Pensei que havíamos acordado não mentir um para o outro.' Ele está certo. Nós fizemos esse acordo." pág. 399

8 de jan de 2017

Resenha - Em Chamas

Livro: Em Chamas #2
Série: Jogos Vorazes
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 416
Gênero: Distopia
Nota: 5/5
Sinopse: "Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Os jogos completam 75 anos, momento de se realizar o terceiro Massacre Quaternário, uma edição da luta na arena com regras ainda mais duras que acontece a cada 25 anos. Katniss e Peeta, então, se veem diante de uma situação totalmente inesperada e, dessa vez, além de lutar por suas próprias vidas, terão que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem. Ambientado num futuro sombrio, a série é pioneira de uma tendência que vem ganhando força no mercado de best-sellers juvenis: a dos romances distópicos e pós-apocalípticos. As obras renderam à autora Suzanne Collins lugar na badalada lista de 100 personalidades mais influentes do ano da revista Time. Com narrativa ágil e ousada, os livros da trilogia foram traduzidos para 42 países e vêm atraindo leitores de diversas faixas etárias. Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade atual – ao sensacionalismo, ao desperdício e à violência – e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador."

Em Chamas, segundo volume da consagrada trilogia Jogos Vorazes nos traz o mais exímio jogo político, trama, aventura, romance que poderia ter. Com a história mais desenvolvida e podendo ser mais trabalhada, Suzanne Collins nos trouxe o que poderia de melhor. Não é a toa que se tornou o meu favorito da série.

5 de jan de 2017

Resenha - Jogos Vorazes

Livro: Jogos Vorazes #1
Série: Jogos Vorazes
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 400
Gênero: Distopia
Nota: 5/5
Sinopse: "Constituída por uma suntuosa Capital cercada de 12 distritos periféricos, a nação de Panem se ergueu após a destruição dos Estados Unidos. Como represália por um levante contra a Capital, a cada ano os distritos são forçados a enviar um menino e uma menina entre 12 e 18 anos para participar dos Jogos Vorazes. As regras são simples: os 24 tributos, como são chamados os jovens, são levados a uma gigantesca arena e devem lutar entre si até só restar um sobrevivente. O vitorioso, além da glória, leva grandes vantagens para o seu distrito. Quando Katniss Everdeen, de 16 anos, decide participar dos Jogos Vorazes para poupar a irmã mais nova, causando grande comoção no país, ela sabe que essa pode ser a sua sentença de morte. Mas a jovem usa toda a sua habilidade de caça e sobrevivência ao ar livre para se manter viva. As reviravoltas do jogo e as dificuldades enfrentadas pela protagonista levam os leitores a sofrer junto com ela, enquanto descobrem um pouco sobre seu passado e seu relacionamento com Peeta Mellark, o outro tributo enviado pelo Distrito 12 para lutar nos Jogos Vorazes. Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade do espetáculo atual e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador."

Uma das histórias mais "batida" no mundo literário. Enfim tive coragem de ler Jogos Vorazes. Para quem já era fã dos filmes, o livro veio e me conquistou de vez. Katniss Everdeen, Peeta Merllak, Panem, Os Distritos, todo o jogo político nos leva num enredo que te toca e te instiga a pensar.

2 de jan de 2017

Resenha | Madrugadas de Desejo

Livro: Madrugadas de Desejo
Autora: Jayne Fresina
Editora: Única
Páginas: 288
Gênero: Romance de Época
Estrela: 4/5

Sinopse: "Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem. A Inglaterra do século XIX é elegante, charmosa e aventureira. Um lugar onde é difícil não se deixar levar pelos deliciosos (e perigosos) jogos que lords e ladies libertinamente experimentam. Não poderia ser diferente na bela Brighton, o lar de Ellie Vyne e James Hartley: inimigos declarados desde a infância. Ellie sempre foi uma mulher de ideias a frente de seu tempo, temperamento forte, ousada e, principalmente, avessa a todas as tentativas de suas irmãs para lhe arrumarem um marido. Afinal, com 27 anos era um absurdo ainda perambular sozinha por aí. E é claro que James, um dos solteiros mais cobiçados da cidade, fazia questão de deixar clara sua desaprovação. Durante suas misteriosas escapadas, Ellie rouba algo muito precioso de James, que não terá paz até descobrir a identidade do ladrão. Querendo ou não, eles estão cada vez mais próximos. Como resistir ao charme de James e levar sua mentira adiante? Nesse jogo de perdição, Ellie arriscará tudo, inclusive seu coração. Enquanto James tenta desvendar o segredo da jovem, o desejo proibido que surge entre os dois será capaz de romper com todas as regras da alta sociedade inglesa."

Ellie Vyne é uma mulher que está prestes a fazer 27 anos, de origem pobre, tem duas irmãs e um padrasto vivo mais um principal problema: não está casada. Sucumbida a sustentar a família, mesmo que eles não falem - mesmo sendo severamente repreendida como consegue isso - ela é uma mulher forte que não tenta se abalar com o que a sociedade diz sobre si e da pressão de seus parentes para casá-la. Com dois noivados desfeitos na sua conta, desastrada e considerada fora do padrão, o que ela mais quer é fugir disso. Paralelamente temos o James Hartley, rico, prestes a fazer 37 anos, também tem pressão da família - sua avó - para casar-se, porém ele sempre relutou. Apaixonado por Sophie, melhor amiga de Ellie, vê-la casada com outro acabou por extinguir qualquer amor que ousasse ter na sua vida.  Onde irá ocorrer a ligação dos dois? Simples, eles se conhecem desde de crianças e suas famílias se odeiam. os Vyne e os Hartleys se culpavam por tudo que acontecia a cada um.

[RESULTADO] Comentarista de Janeiro

Para começarmos o ano com o pé direito, o blog ,enfim, irá voltar com as promoções de comentarista do mês.



Como funcionará?

As postagens do blog acontecem toda semana, sendo 2 postagens, totalizando 8/9 por mês. Para a pessoa concorrer terá que comentar em pelo menos uma postagens do mês, estar seguindo o blog pelo GFC e ter curtido a página. Não valerá comentários com apenas participando ou fora de contexto com o assunto do blog pois isso caracteriza por querer apenas participar da promoção e não interação com o blog. Acima do prêmio quero que as pessoas interajam com o blog.

Como ocorrerá o sorteio?

O sorteio ocorrerá de forma aleatória em que escolherei algum post do mês e através de algum programa de sorteio ou manualmente darei um número para cada comentário por ordem cronológica da data e horário. A partir disso terei o ganhador. Ou seja, como não irei informar o post que será sorteado, quanto mais postagens você comentar mais chances terá de ganhar!

Prêmio para o ganhador:
1 exemplar do livro O Medo Mais Profundo do Harlan Coben;

Regras para participar:

- Morar em território brasileiro;
- Comentar em algum post do blog;
- Curtir o Leitura Diárias;
- Estar seguindo o blog pelo GFC;

O ganhador tem até 72 hrs para enviar seus dados e o blog tem até 30 dias úteis para a postagem do prêmio.


Resultado


Primeiro fiz o sorteio de qual postagem iria sortear o comentário. Esse mês tivemos o total de 11 postagens e por ordem da data de postagem, a escolhida foi a de número 11, referente ao post Parceria Rouxinol Editora.



http://sorteador.com.br/sorteador/resultado/468837

Com isso enumerei os comentários, por ordem de data de postagem até o dia 03/02 até 0:30hrs onde contabilizei 10 comentário. O sorteado foi o número 4 referente ao comentário da Carla A.



http://sorteador.com.br/sorteador/resultado/468842

Parabéns Carla! Espero seu contato com seu endereço em até 72 horas. Aos demais fiquem ligadinhos que vem mais por aí.