26 de mar de 2017

[Resenha] O Crime do Vencedor

Livro: O Crime do Vencedor #2
Série: Trilogia do Vencedor
Autora: Marie Rutkoski
Editora: Plataforma 21
Páginas: 355
Gênero: Fantasia/Romance
Nota: 5/5
Sinopse: Existe a tentação e existe a coisa certa a se fazer. E está cada vez mais difícil para Kestrel fazer a melhor escolha.Um noivado imperial significa uma celebração após a outra: cafés da manhã com cortesãos e dignatários influentes, bailes, fogos de artifício e festas até o amanhecer. Para Kestrel, porém, significa viver numa gaiola forjada por ela mesma. Com a aproximação do casamento, ela deseja confessar a Arin, seu ex-escravo e atual governador de Harren: só aceitou se casar com o príncipe herdeiro do império em troca da liberdade dele, Arin. Mas será que Kestrel pode confiar nele? Ou, pior: será que pode confiar em si mesma? No jogo do poder, Kestrel está se tornando perita em blefes. Age como uma espiã na corte. Se for pega, será desmascarada como traidora de seu próprio império. Ainda assim, ela não consegue deixar de buscar uma forma de mudar seu terrível mundo... e está muito perto de descobrir um segredo tenebroso. Nesta sequência fascinante e devastadora de A maldição do vencedor, Marie Rutkoski desvela o alto custo de mentiras perigosas e alianças pouco confiáveis. A revelação da verdade é iminente e, quando finalmente vier à tona, Kestrel e Arin vão descobrir o preço exato de seus crimes.

*Contém spoilers do primeiro livro, por isso se você ainda não o leu, considere pular a parte em que faço um pequeno resumo da história.*

Kestrel, após negociar com o Imperador a liberdade do reino de Herran, é obrigada a casar agora com o príncipe. Tendo que a todo custo se esquecer de sua antiga paixão, ela irá viver no coração de Valória, ou seja, dentro do castelo. Com os preparativos do casamento acontecendo, e a vinda dos governadores e representantes de todos os reinos para o palácio, Kestrel será obrigada a reencontrar Arin.

Arin ainda está magoado e chateado com essa decisão repentina da Kestrel de casar-se com o príncipe Verex. Sem desconfiar de nada, e tentando a todo custo esquecê-la, ele irá para a corte tentar descobrir planos do Imperador para os herranis, afinal a falsa liberdade e fim da possível guerra tem consequências. Sem desconfiar dos motivos que levaram a sua ex-amada a tomar várias decisões, os dois viverão numa teia cheia de mentiras, de não conversas, que afetará não somente o futuro dos dois, mas de Valória, de Herran e das Ilhas planícies do Oriente.



Sabe quando mesmo depois de dias você ainda não consegue acreditar e fica embasbacada com o final que a autora coloca em um livro? Sou eu com O Crime do Vencedor. Quando pensamos que a autora não pode fazer mais reviravoltas, quando a autora não pode mais surpreender e te puxar novamente para a história, nas últimas 10 páginas ela faz tudo acontecer. Foi assim que me senti ao realizar esta leitura.

O final de A Maldição do Vencedor nos deixa praticamente com apenas um caminho para ser seguido para o enredo conseguir andar. E mesmo esse caminho caindo no clichê — acredite é bem óbvio se a pessoa lê bastante fantasia — a Marie não me deixou de surpreender com o universo criado.

"Arin não havia mentido ao dizer que confiava nela. Porém, essa confiança sempre vinha acompanhada de um aperto no peito. Não fazia sentido confiar nela. Arin sabia todos os motivos. Sua confiança era tola. Nem um pouco saudável." pág. 162

Sendo um pouco mais expandido, mas mesmo assim ainda focando muito no romance, temos pequenas ideias de estratégias políticas, de invasões, de guerras, além de "mistérios" que aos poucos vamos tentando desvendar dentro da trama. Foram os pontos altos do livro, até porque o casal aqui não me agradou tanto.

Quando vemos que a Kestrel deixa de contar logo no final do antecessor algumas situações para o Arin, imaginamos que a mentira vai virar uma bola de neve. Infelizmente irá ocorrer aqui e vai perpetuar boa parte do livro. A falta de um bom diálogo de ambas as partes faz com que o encaixe dos dois personagens se estagne. Ao meu ver não é benéfico porque deixou quase tudo para acontecer nas páginas finais. Não crítico tanto porque essas situações culminaram em algo que me deixou de boca aberta. Porém aquela situação "gosto, mas ela é ruim", "tento esquecer ela mas não consigo" está bem presente. Em alguns momentos isso gera um pequeno rancor pelos dois e até mesmo desgosto. Eu espero que os dois possam ser trabalhado de uma forma melhor no desfecho da trilogia.



O desenvolvimento foi bem coerente, e bem dentro do contexto proposto. Em nenhum momento desconfiei do mistério que ronda praticamente o volume inteiro, as peças que tem e vão se interligar em um momento, então veio a surpresa positiva. Acho que é onde para mim a narrativa ganha mais pontos. O enfoque deveria ser o casal, mas essa questão de escravos versus hierarquia, mundo medieval, ganhou mais destaques e faz tudo ser diferente. Talvez seja o que fez ter tanto barulho no exterior.

A entrada do imperador também mexeu com tudo. Mais um jogador do que o esperado, ele desconfigurou uma história que caminhava para um clichê bem óbvio. Com certeza é o melhor personagem daqui e fez Krestel crescer e muito na personalidade.

E por as páginas finais chocarem, fica muito em aberto tudo que pode ocorrer. Pela sinopse, pode-se ter uma ideia geral, entretanto mesmo assim ainda fica difícil tentar adivinhar. Eu sei que pelo que foi mostrado, e o que pode está por vir, é uma mistura certa de romance com tempo medieval, além de tratar do assunto amor proibido. A expectativa é grande e com isso aos poucos a Trilogia do Vencedor vai tornando-se um dos meus queridinhos.

" — Quando o imperador dá um presente, é melhor usar. — Ele olhou com o rabo de olho para a adaga nova no quadril de Kestrel. — Às vezes, o que ele dá é na verdade uma maneira de mostrar o que pertence a ele." pág. 243

A parte física, mais uma vez tiro o chapéu para a Plataforma 21. Com uma capa aveludada, seguindo o mesmo estilo usado anteriormente, fez uma belíssima apresentação visual. A diagramação também segue a linha anterior, com a numeração dos capítulos destacados, quebra de páginas diferenciadas e a revisão com alguns pequenos erros, todavia que não atrapalha o andamento da leitura de modo geral. A narrativa é intercalada entre os dois principais em terceira pessoa.  

Estou bem ansiosa para o terceiro, O Beijo do Vencedor, e é bem provável que eu já pegue ele, afinal o livro chegou de pré-venda. Se tudo que eu espero confirmar, com certeza ele entrará para os meus favoritos. E espero que no de vocês também.

E vocês, já leram a trilogia? Deixa nos comentários!

20 comentários :

  1. Olá
    Eu tenho muita vontade de iniciar essa série, mas nunca encontro os livros em um preço acessível para a minha pobreza kkjk. Li dezenas e dezenas de resenhas e em sua maioria são regadas com elogios e pessoas que amaram de mais e tal kkjk. As capas são realmente lindas e essa textura aveludada eu amo demais kkjk. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Confesso que fiz a leitura da resenha por alto com medo de spoiler. Eu estou com muita vontade de fazer a leitura do livro, nunca tive contato com a Plataforma 21 e quero ter o primeiro contato por essa série. Os livros da série já estão na minha lista de desejados e sua resenha só aumentou a minha vontade de fazer a leitura! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. OI, Carool
    Pelo jeito você está gostando mesmo da trilogia. Vi muitos comentários negativos sobre o livro. Ainda bem que está mantendo o ritmo e você está ainda mais ansiosa para a continuação. Espero que não demore a ler. Sempre fico ansiosa também pelas continuações.;

    ResponderExcluir
  4. No momento, estou com outra série de fantasia para terminar. O lado bom é que dá para, depois, ler esta série completa, sem a sofrência da espera. Tem alguns elementos que geralmente me espantam do livro, mas que aqui pareceram interessantes. Vou pesquisar mais sobre a série. Obrigada pela indicação! Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Estou bem curiosa pra fazer essa leitura. Adoro aventuras e fantasia e ja vi comentários maravilhosos. Sua resenha me deixou ainda mais ansiosa pra conhecer a escrita da Marie.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li este livro, mas o primeiro foi um arraso mesmo. Pelo visto ela repetiu a fórmula com suas reviravoltas inesperadas. Curiosa com o que vai acontecer com este dois.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Li só um pouco da sua resenha para não pegar nenhum spoiler. Sempre ouço falar muito bem dessa serie, espero poder começar logo. Bom saber que vc está gostando da serie e que ela pode se tornar uma de suas favoritas. Já me deixa com mais vontade ler. Bjs <3

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Confesso que não conhecia essa trilogia, não me lembro de ter visto nada sobre ela por ai. Que bom que a autora conseguiu mudar o rumo das coisas e deixar a história mais interessante, as vezes, focar só no casal não rende história. QUe bom que ela trouxe um personagem que pelo visto veio com tudo. Vou dar uma olhada na resenha do primeiro, fiquei curiosa. XD

    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a trilogia e mesmo tomando conhecimento sobre a leitura surpreendente através da resenha, vou deixar a dica passar desta vez.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, linda!!! Não me empolguei com essa série, no momento vou passar a dica.

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Ainda não li nem o primeiro livro da série, mas morro de vontade de tantas resenhas falando bem que vejo. Adorei poder conferir as suas considerações, a edição realmente está maravilhosa e espero curtir que nem você quando ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Estou louca para ler esses livros! Amei sua resenha, e essas fotos maravilhosas! Arrasou! Bjs :*

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Tenho muita vontade de ler essa série desde que ela foi lançada mas ainda não tive a sorte de encontrar a boa promoção​ desses livros. Pelas suas considerações a autora souber manter o ritmo da trama e não desandou com o segundo volume, o que eu já vi muitas vezes acontecer. As edições realmente são lindas e muito bem feitas, dá gosto de ter na estante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Essa trilogia chamou minha atenção, gostei da capa, a sinopse chama aguça a curiosidade

    ResponderExcluir
  15. A capa é linda, amei!
    Não conheci a trilogia e já estou encantada por ela, e já vai para minha lista.

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
  16. Ainda não tive a oportunidade de ler o primeiro livro, mas ultimamente tenho lido muitas resenhas positivas, então imagina como eu to ansiosa para conhecer! Ainda mais por amar uma fantasia com romance! <3

    ResponderExcluir
  17. Para começo eu amo capas aveludadas e acho que estas capas estão divinas porque chamam muito a atenção. E adoro o estilo da escrita, na verdade ultimamente estou lendo muito este gênero. o bom é quando fica coerente e com pontas bem ligadas como este e a gente ama mais ainda.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Carol ^^
    Tenho muuuuita vontade de ler essa trilogia por dois motivos: ser uma obra de fantasia e por ter capaz fantásticas!
    Pelo que pude perceber com suas impressões é que a autora gosta de nos jogar um enredo clichê e de repente puxar o tapete em que estávamos em cima, hein?!
    Adoro enredos assim pois o choque nunca é esperado.
    Não sei se curtirei o romance dos protagonistas, mas fico feliz em saber que o foco não acaba sendo eles nessa sequência, que a autora prefere explorar o mundo que ela criou.
    Parabéns pela resenha e que o último livro da trilogia feche com chave de ouro em seu coração, Carol. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?

    Não conhecia o livro e nem a editora.
    Parece ser uma história bem interessante, gosto bastante de fantasia.
    É sua resenha me mostrou uma estória arrebatadora rs ... e esse marcador? Achei a coisa a mais linda 😍

    Ficarei esperando sua resenha do último livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?

    Eu acho que foi aqui mesmo que li a resenha do primeiro livro, mas não tô muito certa. Lembro que fiquei interessada. Continuo interessada, ainda mais por causa da sua resenha. Também não gosto quando o desenvolvimento só se enrola e não anda, mas se você disse que vale a pena pode ser verdade. Espero que tudo termine bem pra protagonista no próximo livro hehe.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir