22 de jun de 2017

[Resenha] Chamas do Passado

Livro: Chamas do Passado #4
Série: Homens Marcados
Autora: Jay Crownover
Editora: V&R Editoras
Páginas: 298
Gênero: Jovem Adulto
Nota: 5/5

Nash Donovan tem o corpo quase todo coberto por um enorme dragão. Seu jeito imponente de andar, a intensidade de seus olhos violeta e sua pecaminosa pele dourada garantem ao tatuador um mistério capaz de enlouquecer qualquer mulher. O bad boy não é do tipo que acredita no amor. Porém, por trás de todo o seu ar marrento, existe uma ferida que ainda está aberta. A enfermeira Saint Ford nunca superou o bullying na adolescência e nem a dor causada por seu primeiro amor. Quando os anos de colégio acabaram, ela se mudou para outra cidade para tentar apagar as lembranças do passado. Agora, a ruiva voltou para Denver e tornou-se uma mulher encantadora e uma excelente profissional. Porém, ela ainda é insegura e não consegue confiar em homem algum.Uma fatalidade fez com que o caminho deles voltasse a se cruzar. Somente Saint poderá curar as dores de Nash. Mas, para isso, ela deverá permitir que o calor das chamas dele derreta o seu coração. E Nash é o único homem capaz fazê-la se sentir uma mulher desejada de verdade. Chamas do passado é um romance sobre autoaceitação e desejo. Uma história envolvente temperada com intensas cenas de paixão.

Com o meu casal favorito da série Homens Marcados, Jay Crownover chega no quarto livro da série ainda em alta. É incrível como um romance um pouco diferenciado pode nos cativar de maneira única, principalmente quando você se identifica com os personagens. E o que não falta aqui é personagens para admirar.

Após a bomba soltada em Armas da Sedução, Nash passa a frequentar diariamente o hospital de Denver. Com um parente muito próximo doente, ele acaba encontrando diversas vezes Saint Ford.  Saint Ford é uma enfermeira que na adolescência fez parte da sua vida. Estudando na mesma escola, e totalmente deslocada do seu grupo de amizade, ele não sabe que seu passado rebelde acabou deixando cicatrizes nela. E agora, achando a bonita, e se interessando mais pela sua personalidade, ele desconhece ainda o que não faz ela se entregar de corpo e alma. Sendo insegura, tímida e fechada, é um mistério que ele quer muito resolver e ter na vida. Além de não querer entregar novamente seu coração de bandeja para alguém que talvez não o ame. Será que os dois conseguirão superar o passado e ter um futuro? O que Nash fez para deixar tantas marcas na Saint?



Repito novamente: melhor casal da série. Nash já vinha me ganhando em personalidade desde Na Sua Pele, e conhecendo o um pouco mais profundo em sua própria história, é impossível não se apaixonar. E isso se repete também com nossa protagonista. Pelo menos comigo, houve uma identificação enorme com suas inseguranças, com os acontecimentos passados, com o que a marcou na adolescência, que ficou difícil não torcer para seu final feliz e que se dessem certo.

Foi um romance que várias peças se encaixaram nos mostrando a história de mais um casal, ao mesmo tempo em que deu continuidade em vários outros da família Homens Marcados: temos o casamento do Rule e da Shaw, o nascimento da filha do Rome e da Cora, da felicidade do Jet e da Ayden, fora o início do relacionamento do Rowdy. Então essa complementação, mesmo com a união dos personagens principais em primeiro plano, é espetacular. Não te faz cansar do enredo além de dar uma fluidez melhor na narrativa. 

"Nunca tinha ficado tão perturbado, tão ligado em uma mulher. A Saint vai dar trabalho, precisa de um toque delicado que não sei se tenho. Quer dizer, nunca fui de forçar a entrada na vida de uma garota para depois virá-la de cabeça para baixo. Mas, com a Saint, eu começava a querer não só virar tudo de cabeça para baixo, mas colocar em algo pote de vidro, ou numa caixa, e sacudir até sair outra coisa completamente diferente. Um Nash diferente e uma Saint diferente que pudessem dar conta daquilo tudo." pág. 113

Novamente tenho que elogiar esse lado da autora em explorar vertentes diferentes de personalidades. Lidaremos mais uma vez com pessoas tatuadas, com piercings trabalhados individualmente em suas personalidades. Mesmo que seu esteriótipo por fora seja igual, internamente cada um tem suas características, tornando ótimo e plausível a sucessão de livros. Falo que será difícil cansar-se da série por argumentos que tudo é igual. Temos um mesmo pano de fundo entretanto cada um possui elementos que torna os únicos.

Gostei bastante e esse com certeza se torna meu livro favorito. Foram altas emoções, com mortes "esperadas", dramas, risadas que deixa a trama como uma montanha russa. E essa identificação pessoal deixou tudo com um gostinho a mais. Também foi uma leitura realizada em menos de 2 dias.

Na parte física, é a capa que talvez tenha a maior contradição com as características físicas. Nash não chega nem perto de ser quem foi retratado e me decepcionou um pouco. Tirando esta parte, a revisão e a diagramação estão ok, seguindo o padrão da série. Uma coisa que não tinha comentando antes e que está perpetuando nos volumes é que temos uma playlist para cada obra. É de acordo com as características dos personagens, e que também se encaixam nas cenas, afinal em alguns momentos elas aparecem ou estão subentendidas. Adorei esse "inovação" que além de nos conectar mais com o que acontece, me faz conhecer novas bandas. A narrativa segue o padrão de ter os dois pontos de vistas em primeira pessoa do casal.



Desejos do Destino parece que vem como um furacão  pelo final deixado e por também ter passados obscuros presentes. Estou bem animada do que está por vir tenho altas expectativas. Estamos chegando quase ao fim de Homens Marcados e confesso que já estou sentido saudades. Jay Crownover foi uma surpresa muito boa de 2017. Espero que tenham gostado. 

E vocês, já conheciam a série? Ficaram interessados? Deixa nos comentários!

22 comentários :

  1. Eu acho que ainda não conhecia essa série mas goste de ver a sua opinião sobre esse volume e o fato de você ter elogiado tanto esse casal (não só o casal, mas o livro e a autora também) só me deixou ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carool
    Não me recordo de já ter visto a série. Fico contente que o livro tenha te emocionado assim, que gosto tanto. Gostei bastante da premissa e leria sim.
    Amei a capa. Traz uma sensação de conforto.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a série. Achei a capa bem bonita, mas essa "matemática" de badboy + bullying + sexo + carrossel de emoções já está meio repetitivo pra mim. Eu li tantos livros assim seguidos que estou dando um pouquinho de tempo.
    Achei legal conhecer essa série através de sua resenha, mas a leitura eu vou passar dessa vez.
    beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Curiosa para saber qual a bomba do livro anterior!
    Preciso de uma bela promoção para comprar os livros pois quero muito ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Hey!

    Não conhecia a séries, infelizmente o gênero não é muito meu estilo, apesar da história aparentar ser bem construída, vou passar a dica dessa vez.

    Bjos.

    ResponderExcluir

  6. Oi, tudo bem?
    Não conhecia a série, mas fiquei bastante curiosa pq o 4º livro se tornar o favorito da série não é mt normal. Outra coisa que me deixou curiosa é saber que elementos são esses que a autora usa para deixar um livro tão diferente do outro.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  7. A resenha ficou demais
    Não conhecia, mais me. Deixou curiosa pra ler e conhecer melhor os personagens, bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá! Não conhecia o livro, achei a premissa legal. Deu para perceber que a história é bem sensual e que o romance é de deixar o coração palpitando, fiquei curiosa, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu li o primeiro livro dessa série mas acabei não dando continuidade a ela, preciso voltar a lê-la logo, pois gosto muito de romances e havia curtido a escrita da autora. Agora, sabendo que o quarto livro tem potencial para ter o melhor casal, preciso continuar a série urgentemente!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Carool! Parece ser uma história interessante e bonita, eu tenho essa série em pdf, mas por conta da minha lista enorme de livros ainda não tive a oportunidade de ler haha. Sua resenha está ótima, fiquei curiosa em relação ao enredo e espero conferir um dia. Bjss!

    ResponderExcluir
  11. Oi Carool, o enredo parece mesmo interessante, ainda mais que nos livros não costumo ver o munda das tatuagens, o que já é um diferencial. Já tinha visto a série, espero poder ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Já conhecia essa série. Li o primeiro livro e me encantei demais preciso ler toooodos! Amei sua resenha! Agora estou super curiosa para saber mais sobre os outros personagens.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  13. Heeeeey!

    Não conhecia esse livro 🤦🏻‍♀️ mas achei bem interessante a premissa.
    O fato de trazer um casal diferente é bem legal, geralmente nos livros são sempre o mesmo estilo Barbie rica homem pobre, homem rico moça pobre, isso cansa um pouco às vezes.
    São quantos livros na série? Vi no seu post que esse é o 4 vai sair mais quantos?
    Já quero a minha coleção!

    ResponderExcluir
  14. Heiii, tudo bem?
    Eu sou doida pra ler essa Série: Homens Marcados toda!
    Amo as capas com esses casais, apesar de nem sempre retratar fielmente a descrição dos personagens, mas ainda sim acho bem bonitas.
    Esse quarto livro to vendo que vai ser um daqueles bem viciantes e com certeza vou ler.
    Adorei a resenha e me animou a ler logo tudo.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  15. OI!
    O livro é bem intrigante e proporcionou sentimentos únicos a você. QUe bom que se tornou seu livro favorito e realmente dar raiva quando a capa não condiz com a narrativa. Enfim, não conhecia a obra. Obrigada por me apresentar. Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Nossa, amei sua resenha! Me interessei bastante pela série.
    A história deste livro parece ser aquelas bem clichês, mas as vezes, um clichê é bom, não é?! hahaah
    Realmente me interessei pela história, acho que será uma das próximas leituras.

    http://estantedakahofc.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá! Gostei da premissa do livro e fiquei feliz em saber que é uma série, onde a cada volume, conhecemos um pouco mais dos demais personagens. E que este volume tem um casal forte que prende a nossa atenção. Vou pesquisar mais sobre a série. Obrigada!

    ResponderExcluir
  18. Curto muito essa pegado do livro, não conhecia a série então estou totalmente por fora. As capas não são assim muito chamativas, mas o que encontrei em sua resenha me instigou a dar uma chance. Amo personagens com personalidade e autores que saibam brincar com nossos sentimentos durante a leitura. Dica mais que anotada.

    PS: Agora que vi a editora sei pq a série me passou despercebida. Eles deixaram algumas séries que eu curtia sem publicar livro físico aqui no brasil e de raiva parei de seguir e acompanhar os lançamentos deles...rs

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Tão bom quando a série chega no nosso casal favorito né?
    Assim como os outros que vc trouxe a resenha, gostei da premissa deste também!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi!!
    Eu não conhecia essa série.
    Gostei das capas. Gosto de romances assim em que cada livro mostra mais de um personagem, fiquei bem tentada em comprar os livros.
    Anotado na minha lista, adorei conhecer um pouco dessa série.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  21. Olá! Adorei a capa do livro e a sua resenha. Adoro livros com personagens peculiares, como esses com tatuagens e piercings. Que bom que foi seu livro favorito da série! Adoro livros que eu consigo fazer leitura rápida, significa que a escrita é boa e fluida. Também me agrada muito a narrativa intercala e em primeira pessoa.
    Vou procurar para ler.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Carol, eu nunca tinha ouvido falar dessa série, mas já fiquei bem interessada.
    Amo essa pegada tatoos e piercings.
    Curti a premissa e já quero ler.

    ResponderExcluir