30 de jan de 2018

[Resenha] Lead

em 30 de jan de 2018

8 comentários
Livro: Lead #3
Série: Stage Dive
Autora: Kylie Scott
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 368
Gênero: Erótico/Romance
Nota: ⭐⭐⭐⭐
Embarque em mais uma aventura com os roqueiros sensuais de Stage Dive, repleta de romance e de cenas inesquecíveis. Como vocalista da banda Stage Dive, Jimmy sempre teve tudo na hora que quis, fosse bebida, drogas ou mulheres, até que a destruição de sua reputação na mídia serviu de alerta e o conduziu à reabilitação. É neste momento que Lena surge em sua vida. Contratada para ser a assistente que tem como missão mantê-lo longe de problemas, ela não planeja aguentar desaforos do sensual roqueiro, e está determinada a manter a relação em nível estritamente profissional, apesar da química efervescente entre eles, até que Jimmy vai longe demais e Lena vai embora. Isso o faz perceber que talvez tenha perdido a melhor coisa que já lhe aconteceu.

Sabe aquelas histórias que você não quer desgrudar até chegar ao fim?! Foi o que me aconteceu com Lead. Com um romance erótico para lá de tempestuoso ao mesmo tempo fofo, você se envolve de uma tal maneira que quando percebe acabou as páginas. Kylie Scott definitivamente me conquistou.

27 de jan de 2018

[Resenha] Origem

em 27 de jan de 2018

14 comentários
Livro: Origem
Autor: Dan Brown
Editora: Arqueiro 
Páginas: 432
Gênero: Suspense e Mistério
Nota: ⭐⭐⭐⭐⭐
De onde viemos? Para onde vamos? Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete "mudar para sempre o papel da ciência". O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento, algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana. Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre. Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch. Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo. Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.

Dan Brown é um autor que apesar de apresentar a mesma "fórmula" de escrita em todos seus livros, tem o dom de me prender na história. E não foi diferente com Origem. Trazendo novamente o embate religião versus ciências, ele nos faz questionar algumas das perguntas mais profundas que a humanidade tenta resolver.

24 de jan de 2018

[O Que Eu Li] Dezembro

em 24 de jan de 2018

18 comentários


Talvez um pouco atrasada?! Porém, uma boa justificativa é que ainda não tinha liberado todas as resenhas dos livros lidos em Dezembro. Resolvido este problema, me senti melhor em trazer as Leituras do último mês de 2017. Vamos ver quais foram? 

23 de jan de 2018

[Projeto] Leituras para 2018

em 23 de jan de 2018

2 comentários


Todo início de ano temos a "correira dos leitores" em tentar planejar algumas leituras para aquele específico ano. E como sempre gosto de organizar tudo na vida, resolvi acrescentar três metas diferentes além da "tradicional " — atingir 100 livros lidos — em 2018. Não sou muito de sair da minha zona de conforto, que é ler o que me vem à cabeça pois sou muito volátil. Mudo rapidamente de opinião, e daqui a 2 horas posso não querer mais fazer isso, rs. No entanto, me comprometendo, espero cumprir o que estou me propondo. Vamos ver o que irei aprontar?!

17 de jan de 2018

[Retrospectiva 2017] Maiores Decepções

em 17 de jan de 2018

20 comentários
Dando continuidade ao especial do blog, hoje trago para vocês as Maiores Decepções de 2017. Por raramente criar expectativas em autores/livros que não conheça, até que o número final foi relativamente baixo. São várias razões que explicarei melhor em cada citado. Vamos ver quais foram? Lembrando que serão 4 escolhas, porém não existe um ranking ou ordem de pior. Colocarei na ordem em que li. Confiram!


15 de jan de 2018

[Resenha] Wish

em 15 de jan de 2018

7 comentários

O grupo CLAMP me conquista mais e mais a medida que vou conhecendo seus mangás. Lidos em algumas horas, Wish é uma coleção para quem é fã delas não botar defeitos. E para quem gosta de shoujo e/ou romances: chegue mais!


13 de jan de 2018

[Resenha] Paixão e Liberdade

em 13 de jan de 2018

8 comentários
Livro: Paixão e Liberdade #1
Série: Saints of Denver
Autora: Jay Crownover
Editora: V&R Editoras
Páginas: 384
Gênero: Romance / Erótico
Nota: ⭐⭐⭐⭐
Sayer Cole é deslumbrante, dona de charme e beleza clássicas. Advogada bem-sucedida, ela deseja reencontrar seu meio-irmão Rowdy e reconstruir seus laços familiares. Para isso, Sayer muda-se para Denver, mas seu novo lar precisa passar por uma boa reforma. Ela, então, contrata os serviços de Zebulon Fuller, um verdadeiro bloco rústico de músculos, capaz de carregar as coisas mais pesadas de um lado para o outro, uma versão de Thor, o guerreiro mitológico. A atração entre os dois é imediata. Mas ocultos sob a exuberante força física, estão os segredos do passado que, se vierem à tona, podem transformar completamente a vida de Zeb. E ele não quer se arriscar por uma paixão, ainda mais quando precisa da ajuda profissional de Sayer para corrigir um erro do passado e salvar algo que tornará sua vida ainda mais valiosa. Paixão e Liberdade é uma história quente e avassaladora, que rompe fronteiras entre as diferenças e abre caminho para o desejo. O amor é capaz de ultrapassar qualquer tipo de julgamento.

Quanto mais conhecemos a escrita dos autores, mais fluída e bacana é a leitura dos seus livros além de notar uma certa evolução. E é o sentimento que me define lendo Jay Crownover. Depois de Homens Marcados pensei que não teria como me surpreender com os enredos dela, porém Paixão e Liberdade veio para provar o contrário.

10 de jan de 2018

[Sorteio] 2 anos de Leituras Diárias

em 10 de jan de 2018

24 comentários
Como assim o Leituras Diárias faz 2 anos? Parece que foi ontem que tirei da cabeça a vontade de fazer um blog, de falar com as pessoas as minhas opiniões sobre as leituras. Aos poucos evoluindo, errando ali, acertando aqui e chegamos a esta data tão especial para mim. 2 anos que driblo a faculdade tão rotineira que não deixa tempo para quase nada para estar postando aqui.

E como quem faz o Leituras Diárias são vocês também, nada mais justo que um MEGA sorteio né? Pois é, serão 3 GANHADORES com cada KIT contendo 2 livros. Quer mais? Pelo Facebook vai estar rolando sorteios de KIT de marcadores bem bacana. Quer mais? Pelo Instagram também teremos sorteios relâmpagos de kits de marcadores. Vai ficar de fora? Acho que não né!?


7 de jan de 2018

[Resenha] Contos da Academia dos Caçadores de Sombras

em 7 de jan de 2018

3 comentários
Livro: Contos da Academia dos Caçadores de Sombras
Série: Crônicas dos Caçadores de Sombras
Autores: Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johson, Robin Wasserman
Editora: Galera Record
Páginas: 504
Gênero: Fantasia
Nota: ⭐⭐⭐⭐
Os Caçadores de Sombras estão de volta numa novíssima aventura. Todas as histórias são verdadeiras. E, dessa vez, Simon Lewis está pronto para contar a dele. Numa história contada em 10 contos que revisitam o passado dos Caçadores e aponta para uma nova direção, Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman presenteiam os fãs da série com uma jornada de tirar o fôlego, cheia dos personagens que todos já amam. Simon não se lembra do seu passado, das aventuras que viveu ao lado dos amigos... Nem sequer sabe quem é, de fato. Então, quando a Academia de Caçadores de Sombras reabre, o rapaz mergulha nesse novo mundo, determinado a se reencontrar. Mesmo sem ter certeza de que quer voltar a ser aquele velho Simon de antes. Mas o local é muito hostil e Simon acaba enxergando muitos problemas em sua nova escola. Como o fato de os alunos mundanos serem obrigados a viver no porão, ou sofrerem com as piadas e os preconceitos dos Nephilim. Numa jornada para se redescobrir, para voltar a se reconhecer entre os antigos amigos, como Clary Fairchild e sua amada Isabelle Lightwood (mesmo que ele não se lembre desse amor), Simon vai descobrir que pode ser mais do que antes. Que seu destino como Caçador de Sombras vai muito além de sua missão de voltar a ser quem era.

Enfim posso dizer que estou em dia com os livros das Crônicas dos Caçadores de Sombras. Em Contos da Academia dos Caçadores de Sombras — título enorme — temos dois fatos importantíssimos para quem gosta do universo Shadowhunters: histórias de alguns personagens conhecidos que não imaginávamos e, enfim, a exaltação de um personagem que merecia destaque há tempos: Simon Lewis.

5 de jan de 2018

[Retrospectiva 2017] Maiores Surpresas

em 5 de jan de 2018

20 comentários
E hoje damos início a mais um Retrospectiva do Leituras Diárias, a Retrospectiva 2017. Com o intuito de trazer para vocês as Maiores Decepções, Maiores Surpresas, Piores Leituras e Melhores Leitura feitas por mim, foi dado o ponta pé inicial! Todas as sextas-feiras de Janeiro teremos uma postagem. Então para começar, nada melhor que do que falar das: Maiores Surpresas.

Desde novos autores à séries que já conhecia e não criei tantas expectativas, 2017 foi cheio de surpresas. Difícil fazer um TOP 4, mas até para o tópico não ficar grande demais,  foi necessário reduzir. Vamos ver quais foram as escolhas!? Um adendo é que não tem ordem crescente ou decrescente de o mlehor, e sim que todos conquistaram esse posto.


3 de jan de 2018

[Resenha] Uma Dobra no Tempo

em 3 de jan de 2018

13 comentários
Livro: Uma Dobra no Tempo #1
Série: Uma Dobra no Tempo
Autora: Madeleine L'Engle
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas: 240
Gênero: Fantasia/Ficção Científica
Nota: ⭐⭐⭐⭐
*exemplar cedido pela editora*
Era uma noite escura e tempestuosa; a jovem Meg Murry e seu irmão mais novo, Charles Wallace, descem para fazer um lanche tardio quando recebem a visita de uma figura muito peculiar. “Noites loucas são a minha glória”, diz a estranha misteriosa. “Foi só uma lufada que me pegou de jeito e me tirou da rota. Descansarei um pouco e seguirei meu rumo. Por falar em rumos, meu doce, saiba que o tesserato existe, sim.” O que seria um tesserato? O pai de Meg bem andava experimentando com a quinta dimensão quando desapareceu misteriosamente... Agora, com a ajuda de três criaturas muito peculiares, chegou o momento de Meg, seu amigo Calvin e Charles Wallace partirem em uma jornada para resgatá-lo. Uma jornada perigosa pelo tempo e o espaço.  Uma dobra no tempo é uma aventura clássica, que serviu de inspiração para os mestres da fantasia e da ficção científica do mundo, agora adaptada para os cinemas pela Disney. Junte-se à família Murray nesta jornada, entre criaturas fantásticas e novos mundos jamais imaginados.

Uma Dobra no Tempo é aquele livro que você não espera muita coisa, porém quando se constata está mais do que envolvido. Com a mistura de ficção científica e fantasia, ele tem tudo para agradar diversos tipos de leitores, até aqueles que talvez não se identifiquem com os gêneros. 

1 de jan de 2018

[Resenha] Sonhos com Deuses e Monstros

em 1 de jan de 2018

8 comentários
Livro: Sonhos com Deuses e Monstros #3
Série: Feita de Fumaça e Osso
Autora: Laini Taylor
Editora: Intrínseca
Páginas: 560
Gênero: Sobrenatural/Fantasia
Nota: 5/5
Dois mundos se equilibram na iminência de uma terrível guerra. Na Terra, os humanos recebem com êxtase os anjos e seu imperador, que pretendem angariar armas para um combate maligno. Jael nem desconfia de que, em Eretz, quimeras e Ilegítimos ensaiam unir forças na tentativa de alcançar a paz. Karou assumiu o controle da rebelião quimera e, ao menos na batalha contra o inimigo em comum, está, finalmente, ao lado de Akiva. É uma versão distorcida do tão antigo sonho dos dois, uma esperança de futuro para seus povos. E, talvez, para o amor que eles sentem renascer.

Quando se realiza a leitura de um livro na época certa e no momento certo, as coisas se transformam. Depois de 2 abandonos por falta de conectividade, desencalhei Sonhos com Deuses e Monstros. E além de retirá-lo dos não lidos, fez com que a série Feita de Fumaça e Osso fosse uma das minhas preferidas tanto de fantasia quanto de sobrenatural. Recomendo e assino embaixo.


TOPO