1 de mar de 2018

[Resenha] A Prisão do Rei

em 1 de mar de 2018

20 comentários
Título: A Prisão do Rei #3
Série: A Rainha Vermelha
Autora: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Páginas: 552
Gênero: Fantasia
Nota: ⭐⭐⭐
Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira. Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.
* A sinopse e o resumo possuem spoilers dos anteriores da série. Minhas impressões começam no terceiro parágrafo.

Quando o leitor planeja ler uma série, ele espera que a partir do seguimento dos volumes tenha-se uma evolução do enredo. A Rainha Vermelha começa em alta, Espada de Vidro tem uma reviravolta que ainda o faz valer a pena, no entanto A Prisão do Rei decai. Com um início arrastado, nem a surpresa de uma decisão no final muda o que acontece em praticamente tudo: enrolação.

Maven, rei de Norta, finalmente consegue capturar e conquistar Mare Barrow. Aprisionada e sofrendo psicologicamente quanto fisicamente, Mare verá que nada será fácil ao viver em torno do rei. A todo instante e momento tentando fugir, nada escapa da garra de Maven. Enquanto isso, a Guarda Escarlate mais forte prepara suas estratégias a fim de conquistar mais terrenos e assim alcançar a coroa. Cal que está no meio dos sangues vermelhos, vê sua lealdade dividida por diversos acontecimentos que concorda e ao mesmo tempo não. A Prisão do Rei é mais um capítulo da série A Rainha Vermelha.


Eu às vezes me pergunto como um autor consegue desfazer um ótimo desenvolvimento em um totalmente questionável. Victoria Aveyard tinha a faca e o queijo na mão para deslanchar de vez a série, entretanto este volume provou-se o contrário. Cheio de capítulos que enrolam, capítulos que confundem e nitidamente não acrescentam nada na história — somente faze-nos irritar mais ainda com a protagonista — descartaria sem problemas no mínimo umas 200 páginas de história. Ficou claro que algo desandou, a ponto de supor ser desnecessário este volume.

Falando em protagonista, Mare passou por tantos altos e baixos na minha opinião que tudo ficou cansativo. Em vez de ter maior foco na fantasia e na ambientação enquanto esta estava capturada, a autora usou e abusou do seu poder de escrita para tentar confundir os sentimentos da personagem além de dar extrema importância a detalhes que não precisava. Tentando absolver e dando justificativas para o comportamento do Maven, ela apelou para os leitores o caráter dele.

"Lembro de todas essas mortes. Todo esse sofrimento. A cara da minha irmã quando um agente quebrou sua mão. A expressão de Kilorn quando descobriu que seria recrutado... E finalmente, a dor aflita, a verdade vazia que me perseguiu em todos os momentos da minha antiga vida: eu estava condenada." pág. 46

Comigo não funcionou e ao contrário, só me deixou com mais raiva porque nada vai justificar toda as suas artimanhas. Embutir isso pela narrativa desorientando a Mare, foi a gota d’água. Li o final antecipadamente para que o rancor não fosse maior — mesmo posicionada no meio da leitura. Estava insuportável aguentar toda essa pressão e as explicações para redimir alguém que não precisava. E quando realizei a leitura da página final, a revolta ficou maior, me fazendo abandonar de vez.

Tive que dar uma longa parada — em torno de 2 meses — para retomar de cabeça limpa. E mesmo assim minha opinião não mudou. Dando continuidade, tendo uma melhora significativa por causa de uma reviravolta, ainda podemos fazer ressalvas do que posteriormente acontece a esta retomada. Mais descrições, situações que só alongam algo que poderia ser encurtado, até chegarmos ao ápice dos dois capítulos finais. Com grandes acontecimentos, e cenas que fazem impacto no todo, a trama acaba. Perceberam? De 500 páginas, umas 150/200 são de importância. O resto? Poderia ser resumido, descartado ou enxugado.


De uma forma geral, estratégias políticas aqui, guerras ali entranhadas numa narrativa claramente voltada ao romance, voltada a qualquer coisa menos que o foco principal, não se traduziu em algo que queria. Falei de grandes ressalvas, porém temos pontos positivos também: entrada da narrativa de outros personagens, cenas específicas e escolhas bem acertadas dão uma esperança de que algo melhor pode vir. Aliás o final talvez seja o grande acerto. Dele pode vir muitas coisas boas. E espero profundamente que a autora caminhe para esse lado. O que resta é aguardar.

Na parte física adoro as capas metalizadas, contudo essa do tom azul ficou destoante das duas primeiras. Vamos ver como será o sucessor e se seguirá alguma lógica. O título conecta-se com o conteúdo no final. Fiquei me perguntando em boa parte onde se encaixaria e é somente no finalzinho mesmo. A narrativa como dito é feito por vários pontos de vistas — basicamente Cameron, Mare e Evangeline — em primeira pessoa. Nenhum erro de revisão aparente ou de ortografia.

"Ele me enganou quando era príncipe, me atraindo para sua armadilha. Agora estou na prisão do rei. Mas ele também está. Minhas correntes são as Pedras Silenciosas. As deles são a coroa." pág. 183

Saio um pouco desanimada do que posso esperar do sucessor. A autora ainda tem um volume todo pela frente para desfazer algumas coisas ruins que colocou. Espero que melhore e que faça valer a pena a quadrilogia. War Storm, que ainda não possui nome traduzido, está para ser lançado em Maio. A Editora Seguinte falou que tentará trazer simultaneamente o lançamento para o Brasil. Espero que tenham gostado!

E vocês, conhecem ou leem a série? Ficaram curiosos ou passam longe? Deixa nos comentários!

Resenhas anteriores:
Espada de Vidro #2

20 comentários :

  1. Eu não consegui seguir em frente com essa série.
    No entanto, ainda quero dar outra chance futuramente. Pois a premissa é boa, sem falar no trabalho gráfico rs.. <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Eu acompanho essa série e adoro. Realmente esse volume foi o mais fraco. Mas ainda assim achei válido, pois percebi vários pontos de Mar e, que como você disse tornou-se foco sofrendo psicologicamente e fisicamente. Para mim, Maven é batata podre, louco e sádico, ainda que de uma forma ou outra a autora tente mostrar alguma "humanidade" nele. O acho completamente deturpando e esse volume me deu mais certeza do quão perturbado ele é, sinceramente.

    Teve cena maravilhosas no livro, apesar da coisa toda com Mar e não perdi o interesse. Continuo gostando bastante da série.

    Mas, óbvio que como leitora e amante do gênero, teria feito algumas coisas diferentes, ainda penso que esse livro foi um preparo para reviravoltas e surpresas. Vamos ver.

    Bjs.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Eu tenho vontade de ler essa saga já algum tempo, mas ainda não consegui comprar nenhum. É a primeira resenha negativa que leio sobre esse volume e confesso que fiquei um pouco com medo de não gostar, apesar de ter dito que os primeiros são melhores. Acho que vou manter na lista, mas para ler depois que o último livro for lançado.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não conheço a série ainda, mas tenho bastante interesse. Está na minha lista de leitura. Gostei da sua resenha. Que pena que o livro deixou a desejar em alguns aspectos...

    ResponderExcluir
  5. Aiii Menina! Comprei essa série a cegas (não sei por que mas haha) e já fiquei com um pé atrás por conta da sua resenha. Espero que para mim funcione. Eu amo as capas e suas fotos ficaram lindas <3

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Essa série não tenho vontade de ler. Primeiro que não é o gênero que curto e segundo que, depois do primeiro livro, percebi que muitos leitores desanimaram. O que prometia ser algo fora do comum, acabou se tornando comum até demais! Adorei sua resenha e a sinceridade nela!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho uma grande curiosidade para ler os livros dessa série, gostei de ver a sua opinião com esse volume e espero que o próximo seja melhor.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu estava super interessada em ler toda a série, porque vi vários canais elogiando a história e falando como ele é interessante, também porque li a sinopse e parecia ser um máximo. Em fim, tinha muitos motivos para ler, mas depois que li algumas resenhas e fiquei sabendo o que acontece na história perdi o interesse, ainda bem que não comprei os livros.

    Beijos e Abraços VIVI
    http://vickyalmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Essa série tinha um hype tão grande e parece que todo mundo desanimou, né? É uma pena porque o tanto de gente que vejo reclamando dessa autora não é brincadeira, eu espero que o proximo volume seja um pouquinho melhor, né? Essas capas realmente sao lindas.

    ResponderExcluir
  10. EU li o primeiro livro e realmente não gostei, muitas coisas me incomodaram. Acho que a continuação não ia me agradar também não.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  11. Apesar dos lindos livros, a série não me chama atenção. Uma pena que esse livro tenha se perdido na encheção de linguiça, sendo que a´serie tinha tudo para ser promissora. Recentemente li um livro que só metade do livro era importante, era estória mesmo, isso me deixou chateada, ainda mais por ser livro único. Não tinha necessidade. Sendo assim eu passo longe rsrs. Parabéns pela sinceridade.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Li o primeiro li, A rainha vermelha, achei linda a capa. Porém foi uma das piores leituras que eu já fiz. Lembro que quando terminei, eu queria tocar fogo do livro, mas ele era do meu amigo hahaha. Achei o livro um misto de estórias super conhecidas, me pareceu um cópia. Mas parabéns pela resenha.
    Abraços.

    Menino Livros, Haulisson.

    ResponderExcluir
  13. Olá Ana,
    Adorei conhecer suas impressões e fiquei contente por elas atestarem o que vejo outros leitores falando que esse livro foi, de certa forma, desnecessário e desconstruiu toda a série. Eu, sinceramente, não me imagino lendo essa série, pois tudo parece meio perdido e furado, além do que, não me sinto atraída pela mocinha. Vou passar a dica, mas torcer para o próximo livro te agradar.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  14. Resenha completa é essa viu? Os terceiros livros de série em geral são um pouco melhores, pra fazer valer nosso compromisso. Eu ainda não li essa série, mas tinha planos. Depois desse comentário nem sei mais rs

    ResponderExcluir
  15. Eu li o primeiro livro e acabei não dando seguimento na série. Não vou uma história que me empolgasse. E pela sua resenha, fez bem eu ter abandonado a série. Eu não acredito que a autora redime Maven.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá Ana, eu tenho bastante curiosidade de ler essa série *-* É realmente uma pena que no terceiro livro a autora tenha decaído na narrativa te frustando =/ Espero que no próximo livro ela retome o ritmo e o foco dos anteriores. Adorei a resenha *-

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu tenho essa série e ainda não peguei pra ler, vejo algumas resenhas com opiniões divididas e confesso estar com bastante receio dessa leitura, justamente por ser uma fantasia.
    Mas espero não me frustrar tanto quando a fizer.
    Gostei da resenha sincera.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  18. pena que o livro tem muita enrolação, aliás, coisa que notei nos últimos tempos nos livros com continuação, geralmente, não se justifica é algo meramente comercial. lamento por seu desânimo, sobre capas metalizadas, também curto.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Ana ^^
    Você não é a primeira leitora que vejo estar decepcionada com a série e com o caminho que a Victoria está tomando. Isso me preocupa muito pois amei demais a leitura do primeiro livro e só não segui ainda em frente porque estou esperando sair o quarto livro para ler tudo numa sentada só. Infelizmente, saber que a autora está dando justificativas para o maldito Marven me deixa muito pé da vida pois traição é pouco para definir o que esse guri cometeu. Nunca antes havia gostado tanto de um personagem para quebrar a cara com a sua real faceta.
    Somente mesmo eu lendo para saber o que vou sentir nesse volume, viu. Nem me importei de ler os spoilers do livro anterior. kkk
    Mas espero que a autora tenha aprendido a lição - se é que os leitores reclamaram no perfil dela - e faça um desfecho decente no próximo volume.
    Parabéns pela resenha sincera, Ana. ^^
    Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Comecei a ler esta série e ainda não continuei. Li apenas o primeiro livro. Quero muito continuar. E é quase certo que eu tenha a mesma opinião que você pois não gosto muito quando os autores dão importância àquilo que não interessa tanto na história.

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)

TOPO