6 de out de 2017

[Resenha] Outlander, O Resgate no Mar

em 6 de out de 2017

11 comentários
Livro: Outlander, O Resgate no Mar #3.1
Série: Outlander
Autor: Diana Gabaldon
Editora: Arqueiro
Páginas: 592
Gênero: Romance Histórico / Fantasia
Nota: ⭐⭐⭐⭐⭐
Há vinte anos Claire Randall voltou no tempo e encontrou o amor de sua vida – Jamie Fraser, um escocês do século XVIII. Mas, desde que retornou à sua própria época, ela sempre pensou que ele tinha sido morto na Batalha de Culloden. Agora, em 1968, Claire descobre, com a ajuda de Roger Wakefield, evidências de que seu amado pode estar vivo. A lembrança do guerreiro escocês não a abandona… seu corpo e sua alma clamam por ele em seus sonhos. Claire terá que fazer uma escolha: voltar para Jamie ou ficar com Brianna, a filha dos dois. Jamie, por sua vez, está perdido. Os ingleses se recusaram a matá-lo depois de sufocarem a revolta de que ele fazia parte. Longe de sua amada e em meio a um país devastado pela guerra e pela fome, o rapaz precisa retomar sua vida. As intrigas ficam cada vez mais perigosas e, à medida que tempo e espaço se misturam, Claire e Jamie têm que encontrar a força e a coragem necessárias para enfrentar o desconhecido. Nesta viagem audaciosa, será que eles vão conseguir se reencontrar?

Ler Outlander é sempre um privilégio. O universo criado em cada novo volume só cresce e melhora indubitavelmente. Depois do final deixado em Libélula no Âmbar quis ler O Resgate no Mar o mais rápido possível e essa primeira parte posso falar com convicção: não decepciona!

Após Claire saber que James está vivo, sentimentos de querer reencontrá-lo estarão presentes. Para isso, e com a ajuda da sua filha Brianna junto com o Roger — filho do reverendo que foi amigo do seu marido — ela irá percorrer os passos que Jamie fez na Escócia destruída após a guerra de Culloden. Depois de diversas pesquisas e um possível local onde ele esteja vivendo, Claire será capaz de deixar sua filha e ir atrás do seu amor? E nesse meio tempo, o que aconteceu na vida de James Fraser?


Não tem como resumir as 600 primeiras páginas com menos do que sensacional. Ainda trazendo sua exímia escrita com uma riqueza de detalhes da época sem igual, Diana Gabaldon mais uma vez se superou. Depois da reviravolta deixada no antecessor não imaginava qual caminho a autora iria tomar, pois nossa protagonista fica com uma decisão muito difícil. E não somente, mas como a autora iria trazer o outro lado do enredo, a Escócia, se anteriormente não tivemos uma narrativa pelo ponto de vista do Jamie? Simples, traz os pensamentos dele.

Serei eternamente suspeita para falar de narrações masculinas pois é um ponto de vista que gosto de ler, e o trabalho excepcional que ela trouxe é de deixar qualquer um de queixo caído. Foi um adicional que veio na hora certa para trazer informações que precisávamos junto ao entendimento do desenvolvimento como um todo, além de satisfazer a vontade dos fãs em ver cenas pelo pensamento do protagonista. Temos também de excepcional a linha temporal construída. Serão 20 anos de "pausa" que inicialmente podem assustar, contudo para que a construção imaginada funcionasse, era necessário. É uma justificativa para o tamanho da terceira obra  e porquê a autora precisa ser bem detalhista. Quem já gosta da sua escrita e quer saber dos pequenos detalhes, vai gostar dessas páginas a mais que praticamente o fez ser dividido em dois.

"Encontraria Claire assim que morresse?, perguntou-se. Ou talvez, como esperava, seria condenado à separação por algum tempo? De qualquer forma, ela a veria outra vez; agarrava-se à convicção com muito mais firmeza do que abraçava os dogmas da Igreja. Deus a dera ele; Ele a traria de volta." pág. 23

Outra atitude bem vinda é a mudança da Brianna em personalidade. Confesso que tive birras com ela e suas crises no livro anterior, e aqui foi justamente o contrário. Sua maturidade em tomar certas decisões, e acreditar no que sua mãe dizia nos trouxe uma mulher. Espero ler um pouco mais sobre ela daqui para frente, apesar de parecer que o encaminhado não a tem inserida. O que talvez me deixou um pouco chateada no todo é que atualmente personagens que amamos não teve um "final" melhor explicado. Apenas nos é dito que morreu, ou está em tal lugar e somente. Não se vê um trabalho ainda de construção sobre eles. Espero que na segunda parte tenhamos um pouco mais de respostas.

O reencontro do nosso par principal decerto que seja uma das cenas mais lindas e memoráveis da história. Cheia de sentimentalismo e de inseguranças, afinal foram 20 anos separados, nos traz a emoção do amor dos dois. É o ponto principal da parte I. Somado à algumas descobertas e reviravoltas não imaginadas temos um gosto do que podemos esperar na parte II. Contextos históricos misturados com ficção, parte fantástica, realismo, romance, drama, suspense, tudo está misturado e embrulhado num pacote bem feito. Já tinha dito nas resenhas anteriores e repito: é difícil do leitor não ser agradado.


De uma forma geral Outlander nunca me deixa frustada ou desgostosa. Só vemos uma melhora e um alto nível de escrita a cada sucessor. Nas novas continuações escrita, mais ideias são inseridas de forma a contextualizar maiormente algo que já está ótimo, então é uma série que só cresce, tanto no conteúdo, quanto no número de páginas. Sei que assusta inicialmente o tamanho, porém você lê com uma voracidade e rapidez que não parece ser enorme. Recomendo muito!

Na parte física, ainda não tive oportunidade de entender o título, acredito que aconteça na parte II. As capas seguem um padrão utilizado pela Arqueiro, o que me faz achar que não é feia todavia da mesma forma não é bonita. Tem melhores na série. A diagramação é a padrão, bem organizada e com nenhum erro ortográfico aparente. Narrativa pelo ponto de vista da Claire e do Jamie em terceira pessoa. 

"Eu vira, ouvira e sentira o suficiente, durante as poucas horas da noite, para ter absoluta certeza de que o Jamie Fraser que eu conhecera ainda existia. Restava saber quantos outros homens ele poderia ser agora." pág. 442

Preciso nem dizer que quero ler a parte II para ontem né?! Só estou esperando ter um momento de folga na faculdade para começar pois as expectativas estão altíssimas.  Espero que tenham gostado! E vocês já leram ou querem ler Outlander? Deixa nos comentários! 


Resenhas anteriores:
Outlander, A Viajante do Tempo #1
Outlander, A Libélula no Âmbar #2

11 comentários :

  1. Oi Carol!
    Sempre ouço falarem bem de Outlander, mas nunca li nenhum livro.
    Gosto dessas viagens temporais pois é sempre uma oportunidade para conhecer diferentes épocas e perspectivas.
    Fiquei curiosa com o que será de Jamie e Claire depois de tudo pelo que passaram.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol,
    Então tive que me segurar muito agora, essa é a minha série do momento li Outlander e agora estou lendo A Libélula no Ambar, não li sua resenha porque estou correndo feito louca de spoilers e está bem complicado porque a série está passando então estou me vendo no sufoco para não pegar nada de muito importante, porque eu simplesmente amo essa série e quero descobrir por mim mesma as coisas que vão acontecer, rs. Até estou pensando se na série eles vão colocar os dois livros referente ao Resgate no Mar ou somente a primeira parte. Enfim, assim que ler e chegar até onde estou posso vir aqui comentar com você com certeza antes disso me perdoe mas vou correr realmente.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Livro maravilhoso em um história fantastica e cheia de emoção e é justamente o livro da terceira temorada que está passando na FOX Premium. Se vc é fã da história conheça o grupo Apaixonados Por Outlander no faceook.

    ResponderExcluir
  4. Olha, vou te falar que eu apenas tenho medo desses livros enormes!!
    huahuauhahuauha
    Embora todos assim como você apenas rasguem elogios sobre a série de livros, eu tenho medo real e oficial! uhahuhua
    Até o sériado não me chamou muito a atenção.
    Mas adorei sua resenha e vou ver se um dia eu perco esse medo e me aventuro nessa!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Tenho amigas viciadas em Outlander, não sei porque, não me pegou... Li pedaços e gostei do estilo, da história, da forma de narrar, mas algo ainda não me pegou. O que pelo que li na resenha não aconteceu com vc...

    Mais para frente darei outra chance aos livros.

    ResponderExcluir
  6. Tenho acompanhado a série e estou louca para ler os livros, sua resenha ficou muito bem elaborada.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já li muitas críticas positivas a respeito de "Outlander", mas eu não curto o gênero. Além disso, a quantidade de páginas me desanima um pouco.
    Eu queria muito conferir a série para poder ter uma noção do que iria encontrar nos livros, mas no momento ainda não consegui tempo.
    Vou deixar para uma próxima oportunidade.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Oie!!
    Nossa é tão bom quando encontramos um livro tão bom assim que mexe com a gente e nos deixa dessa forma... Achei a sua resenha incrível e morro de curiosidade de ler essa serie, principalmente por causa do seriado que é o maior sucesso e todo mundo só fala muito bem.
    Infelizmente me falta coragem para ler algo tão extenso assim, mas ainda irei ler, pode ter certeza.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    É bom quando lemos algo tão gostoso! Eu não curto esse universo, mas vi que você curtiu bastante a série, espero que possa ler o próximo logo!

    ResponderExcluir
  10. Oiee, tudo bem? Eu li o primeiro livro da série ano passado e fiquei completamente apaixonada por essa história e esses personagens incríveis! E a escrita dessa autora? Muito amor. Como acompanho vários grupos de fãs da série acabei pegando centenas de spoilers e desanimando a ler os outros livros, mas acho que vou acabar fazendo isso uma hora ou outra. Que bom que gostou tanto desse volume! Parece ter muuuita coisa acontecendo aí.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Carol! Tudo bem?
    Minha nossa, tu tem um bocado de coragem de ler uma série de pelo menos nove livros que são uns legítimos tijolos, kkkkkkkkkkkkkkk! Olha, te dando mesmo os parabéns! Tomara que um dia eu possa ler porque adoro esse tipo de livro!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.com

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)

TOPO