4 de dez de 2017

[Resenha] Misterioso

Livro: Misterioso #3
Série: Selvagem Irresistível
Autora: Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 320
Gênero: Erótico/Romance
Nota: 5/5
O que acontece em Vegas, fica em Vegas. No entanto, o que não aconteceu em Vegas, parece os seguir em todo lugar Lola e Oliver agradecem por terem tido o bom-senso de não consumarem o casamento bêbado em Las Vegas. E se eles duvidassem que isso fora um erro, a situação de "apenas amigos" não seria tão boa quanto é agora. Ou isso é o que eles pensam... Na verdade, Lola desejou Oliver desde o primeiro dia – e isso só se intensificou com o tempo e com o sotaque australiano dele. Passando mais tempo em casa do que encarando as pessoas, o afeto de Lola por Oliver parece bom demais para ser verdade. Então por que arruinar uma coisa tão boa? Mesmo com tantas garotas rodeando Oliver, ele não consegue se esquecer do que não fez com Lola quando teve a chance. Agora ele tem certeza do que quer com ela... e vai muito além da "friendzone". Quando o trabalho de Lola com quadrinhos se torna um sucesso nacional, e depois é cotado para se tornar uma longa-metragem, Oliver decide ficar ao lado dela para o que ela precisar. Afinal, Lola não é o tipo de garota que gosta de ter todas as atenções voltadas para si, mas talvez ela é o tipo de garota que poderá se atrair por ele.

O casal mais aguardado da série, o mais geek, o que poderia demonstrar ser o mais fofo, foi tudo e muito mais. Misterioso entregou tudo que podia e com certeza entrou para os meus queridinhos de Selvagem Irresistível. 

Lola e Oliver, assim como seus amigos, se casaram em Vegas. Sem consumarem a união, e achando que era a escolha mais certa, anularam o mais rápido possível e seguiram suas vidas sendo melhores amigos. Só que Lola desde aquela fatídica noite tem sentimentos pelo Oliver, e o contrário também acontece. Com a vida de Lola ficando de pernas para o ar afinal seu quadrinho ficou famoso, tem turnê chegando, seu direitos de cinema foram comprados e tem um prazo de HQ para entregar, namorar é uma das suas últimas opções. Quando os desejos dos dois falam alto demais, verão que formar um casal não é fácil. Como fará Lola onde sua única prioridade antigamente era o trabalho? E Oliver, que tem seus sentimentos reprimidos a tanto tempo?



A cada novo livro, a dupla Christina Lauren consegue me surpreender mais ainda. Com essa pegada mais nerd, imaginava que o casal me conquistaria logo nas primeiras linhas, e não foi diferente. Com até algumas arriscadas em colocar referências deste universo, elas trouxeram uma mistura perfeita. Personagens realistas, com traumas plausíveis, dramas plausíveis, é um desenvolvimento que você ler bem rápido. Esses elementos diferenciados, que o fez ser um destaque dos outros volumes, e até mesmo o torna melhor, acabou o deixando como meu favorito.

É um romance, então não fugiremos tanto dos pontos que o gênero toca. Novamente vemos um erótico "pesado", descritivo, em que ganhará mais força que os antecessores pois será onde o casal principal mostrará seu "outro lado". Veremos uma construção bem feita de sentimentos, dúvidas, medos e tudo que uma paixão tem direito. Aliás teremos uma inversão de papel bacana sobre as personalidades que esperamos de uma casal.

"Oliver não julga, não zomba, não força. Não se importa com meus silêncios, quando tudo o que quero fazer é me lançar sobre uma folha de papel e desenhar." pág. 38

Lola com toda certeza é a melhor personagem criada do trio de amigas. Quieta, na dela, enfrentando seus problemas e medos, não me encantar com sua história seria impossível. Me identifiquei um pouco com ela, e acho que essa é um dos melhores truques das autoras, já que você se sente na pele da garota. Oliver foi um ótimo protagonista em que vamos descobrindo mais sobre o mesmo ao poucos. De cada perceberemos que eles se completam.

O grande plot twist e a reviravolta que dará o tom da drama, é lidar com sua vida pessoal ao mesmo tempo que tem suas obrigações do trabalho. Veremos o quanto pode ser difícil para certas pessoas equilibrar esta bandeja, ainda mais sendo um paixão arrebatadora. Foram característica realistas, que fez com que a leitura transcorresse de modo a você querer saber como a pessoa sairá desta enroscada. Bem colocado!



De forma geral é uma história favoritada, assim como todos da série Selvagem Irresistível, que só me fez cair ainda mais na graça das escritoras. Não foi a toa que logo emendei no último e agora sinto falta desta turma. São livros que não te levam a grandes reflexões, porém que te deixa pequenas lições para serem aplicadas no dia dia. Excelente para passar o tempo e acalentar o coração daqueles que adoram romances agitados. Recomendo bastante, talvez até na frente dos outros volumes.

Na parte física, não tenho muito o que falar, confesso, pois segue o padrão das anteriores, com a diferença na coloração. As quatros juntas com certeza dão um tom alegre na estante, o que todos gostam. O título achei cabível e ligado ao conteúdo, entretanto meio forçado porque quem lerá, vrá que os momentos "misteriosos" não são de tanto impacto assim. A diagramação é a padrão da editora, espaçada e limpa e não encontrei erros de revisão. A narrativa é feita em primeira pessoa pelo ponto de vista da Lola e do Oliver intercalados.

"É química, disso tenho certeza, alguma coisa que entorpece perfura ao mesmo tempo, uma coisa que me faz sentir como se estivesse viva pela primeira vez e morta de muitas outras maneiras." pág. 230

Posto esta resenha com o último lido, então foi uma experiência ótima terminar mais uma série, com essa penúltima surpresa de exemplar bem bacana. Estou bem animada em terminar outras séries delas — estou caminhando para o terceiro da Cretino Irresistível — em breve. Espero que tenham gostado!

E vocês, conheciam Selvagem Irresistível? Tinham ouvido falar? O que achou, leriam ou não? Deixa nos comentários!

0 comentários :

Postar um comentário

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)