26 de dez de 2017

[Resenha] O Silêncio das Águas

Livro: O Silêncio das Águas #3
Série: Os Elementos
Autora: Brittainy C. Cherry
Editora: Grupo Editorial Record
Páginas: 364
Gênero: Romance
Nota: 4/5
Quando a pequena Maggie May presencia uma cena terrível à margem de um rio, sua vida muda por completo. A menina alegre que vive saltitando de um lado para o outro e tem uma paixonite por Brooks Griffin, o melhor amigo de seu irmão, sofre um trauma tão grande que acaba perdendo a voz. Sem saber como lidar com o problema, sua família se vê em uma posição difícil e tenta procurar ajuda, mas nenhum tratamento vai adiante. Ao longo dos anos, Maggie aprende sozinha a conviver com os ataques de pânico e, sem conseguir sair de casa, encontra refúgio nos livros. A única pessoa capaz de compreendê-la é Brooks, que permanece sempre ao seu lado. A cumplicidade na infância se transforma em amizade na adolescência, até que um dia eles não conseguem mais negar o amor que sentem um pelo outro. Mas será que o forte sentimento que os une poderá resistir aos fantasmas do passado e a um acontecimento inesperado, que os forçará a navegar por caminhos diferentes?

Sempre ouvia de algumas amigas leitoras que esta seria uma das melhores leituras da série Elementos. E tenho que concordar. Quando temos uma história que envolve traumas aliados a música, eu simplesmente me encanto. E tendo a escrita da Brittainy C. Cherry que é uma das autoras que mais gosto, fica difícil não se encantar.

Maggie May aos 10 anos de idade é apaixonada pelo Brooks Griffin. Amigo de seu irmão, ele jura de pé junto que nunca irá querer nada com ela pois nesta idade que menino quer saber de garotas!? Mesmo ela insistindo que irão casar-se, ainda que de mentirinha, Brooks nunca deu atenção. Até que ele percebe que ela não é tão irritante assim. No dia que nossa garota mais ansiava, o dia do casamento, ao ficar esperando seu "marido" que estava atrasado, Maggie vê uma cena que mudará completamente sua vida.



Traumatizada, ela vê seu mundo cor de rosa caindo, mudando para uma realidade cruel em que perde sua voz. Mesmo após anos e anos, com pesadelos, com ataques de pânico, nada do que ela faça faz sua voz voltar. Tendo o carinho do pai, e do seu agora melhor amigo Brooks, ela descobre que talvez sua afeição por ele seja maior que amizade. Nosso rapaz também sente a mesma coisa porém, acontecimentos da vida ou o destino faz com que eles coloquem esse amor em jogo. Será que mesmo após todas as tragédias e mudanças de rotina eles conseguirão ficar juntos?!

Pela sinopse pode-se perceber o drama enorme que teremos na narrativa né?! Não está enganada. Brittainy tem um jeito peculiar e diferente de esmagar seu coração e suas esperanças, reconstruindo de maneira única. Sofri, chorei, ri, chorei sorrindo e no final tudo valeu a pena. Gosto de acompanhar crescimento de personagens, e por temos um enredo que segue a linha de crescimento deles fica fácil ser conquistada. Principalmente quando conhecemos o trauma da Maggie. Pensei que não saberíamos o que a fez ficar muda pois é um recurso muito utilizado por escritores — no entanto para minha surpresa temos essa informação. E isso propicia uma angústia maior, afinal teremos seus familiares e amigos não tendo esse conhecimento. Vamos vê-los sofrendo sem saber o que de fato transcorreu.

"Naquele momento, soube que ela estava certa sobre tudo, o tempo todo. Ela estava certa sobre mim, sobre ela e nós dois. Ela era a garota que eu amaria para sempre. Não importava o quanto a vida tentasse mudar." pág. 67

Este pacote todo por si só dá um tom de catástrofe, entretanto a autora soube quando trazer os elementos de alegria. São de uma leveza na escrita que você se pega sorrindo ou rindo. Temos a dose certa de tragédias versus felicidade. Mostra basicamente o que poderia passar-se na vida real, mostra que nem tudo é só júbilo.

Se tem algo absurdamente bem desenvolvido e analisado são os protagonistas que fazem a trama render. Maggie e Brooks é uma dupla que deu certo e se encaixou mesmo com as diferenças. Geralmente fico irritada com certas atitudes tomadas ao longo das cenas, o que não verificou-se aqui, mostrando o acerto na conectividade deles. Até nas situações ruins onde não veremos uma saída ou uma solução fácil eles tem a química. É um casal fácil de apostar e torcer ao longo das páginas.



Novamente tenho que elogiar a evolução da escrita que torna-se poética em determinados tempos, pois é visível o amadurecimento. Fiquei curiosa em saber em como a autora iria colocar o elemento água na narrativa, e ele apareceu em diversos etapas de modo apropriado. Aliás uma das reviravoltas que mais te angustiam tem a ver com a água. Confesso que fiquei abalada nela porque muda tudo o que esperamos e é um choque. Acho que poucas pessoas das quais conversei sobre o exemplar imaginavam esta situação.

De uma forma geral classifico como um dos melhores romances lidos. Por A Chama Dentro de Nós, antecessor, não ter atingindo tantos minhas expectativas fui com menos ansiedade neste. Acho que este ponto fez com que eu ficasse mais feliz quando vi algo que me conquistou. Ainda que não o coloque como o melhor da série — O Ar Que Ele Respira é o meu favorito — ele pode ser considerado o segundo melhor. Tem todas as qualidades desejados em uma obra do gênero. Recomendo!

"Eu me apaixonei por centenas de homens de centenas de livros. Achava que sabia como era o amor com base nas palavras impressas nas páginas que li. Amor era união, força e algo pelo que valia a pena viver." pág. 160

Na parte física mais uma vez vemos os modelos representados serem compatíveis com o conteúdo. Fora o tom azul remetendo a água. Aprovado! A diagramação é a padrão da editora com o diferencial de ser dividido em partes, que são de acordo com a idade transcorrida. A narrativa é feita pelo ponto de vista da dupla principal em primeira pessoa. Um adendo é que logo no início tem uma nota da autora. LEIAM, LEIAM, LEIAM! Irão entender melhor o quanto algumas coisas colocadas tem ligação com a vida pessoal da Brittainy.

Terceiro e penúltimo livro de Elementos finalizado, e agora só falta o último A Força que Nos Atrai. Tenho pretensão de lê-lo ainda em 2017 por ser relativamente "pequeno". Nem parece que vai fez 2 anos quando comecei a coleção. Espero que tenha gostado! E vocês, já leram algo da autora? Conheciam O Silêncio das Águas? Deixa nos comentários!

20 comentários :

  1. Oi Ana, já tenho todos os livros da série, inclusive autografados, mas deixei para ler todos em janeiro. Sempre comento com minhas amigas que o modelo desta capa tem o olhar tão sofrido, e pelo visto, condiz com o enredo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Menina, eu fiquei apaixonada por esse livro, é um dos meus favoritos da série. Me emocionei com os personagens e em como eles superaram seus problemas. É um livro lindo, amei!
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não tenho, mas quero muuuuuito ler esses livros! A sinopse que me chamou mais atenção foi a de "O Ar que Ele Respira", e tô super ansiosa pra ler!

    Um beijo, Pri :*

    Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bom?
    Ahhh, eu quero muito ler essa série! Além das capas magníficas, as histórias parecem ser maravilhosas também. Adorei sua resenha, e mal posso esperar pra conferir por mim mesma ^^

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Já sabia que ia gostar só por ser Brittainy, mas vc me ganhou logo no primeiro paragrafo da resenha!
    Estou muito louca para ler este livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oii
    AHHHHH A Brittany arrasa né? Adoro a escrita, já li dois livros dela e um deles foi O ar que ele respira, preciso terminar essa série Elementos, certeza que vou amar. Amei a resenha.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  7. Pena que o livro faz parte de uma série!! Fiquei muito curiosa para saber qual foi a cena que a Maggie presenciou que a deixou traumatizada! Ótima resenha!!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Olá Ana,
    Eu tinha muito preconceito com relação a essa série por achar que não iria gostar, mas me surpreendi com O ar que ele respira, adorei o drama e os personagens que, como você disse, levam a história a acontecer. Sua resenha desse terceiro volume está incrível e me deixou mega curiosa para saber como eu vou me sentir.
    Dica anotadíssima!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu li apenas o primeiro volume desta série e me apaixonei pelos personagens e pela escrita da autora. Estou muito curiosa para ler os demais volumes e gostei muito de ler a tua resenha sobre este, espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  10. Oiii Ana

    Ainda não li nada da autora, tenho o pé atrás pois já li algumas resenhas dizendo que seus livros são bemmm dramáticos e confesso que não desfruto muito de leituras assim. De momento acho que não leria, me apetece ler outros estilos de histórias, mas acho uma dica ótima pra quem curte esse gênero New Adult.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Ana! Tudo bem?

    Eu nunca li esse livro, acho ele interessante e já li algumas resenhas que me despertaram o interesse nessa leitura, contudo por agora não consigo ler. Gostei da sua resenha, ficou bem escrita e adorei as duas fotos!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu amo a escrita da Brittainy. Li até o segundo livro e ganhei o último de AS. Hoje comprei O silêncio das águas que quero ler ainda em janeiro.
    Todo esse drama dentro da narrativa acaba me chamando atenção. Confesso que a autora tem um jeito bem especial de nos fazer sentir todas as emoções desses personagens.
    Espero me encantar com essa obra.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ana!
    Tenho alguns livros dessa série, falta ter tempo pra ler! Espero que em 2018 eu consiga, só leio coisas boas a respeito!
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  14. Nossa! Eu já me interessei já pela sinopse e conforme segui a la leitura da resenha esse seu LEIAM, LEIAM me conquistou de vez! Bjs

    ResponderExcluir
  15. Já vi que irei chorar horrores com essa história. Estou curiosa para saber qual é o trauma que a Maggie sofreu e já estou torcendo por esse casal haha. Ameei a resenha e estou ansiosa para conhecer a escrita da Brittainy. Bjss!

    ResponderExcluir
  16. Já havia lido sobre o livro, e está na minha lista de livro pra ler. Adorei a resenha, e principalmente esses livros que beiram a poesia como relatado. Obrigado pela indicação.

    ResponderExcluir
  17. realmente, a capa do livro é bem caprichada, deve condizer com a trama ^^
    essa autora e a série são mto bem falados na blogosfera, mas apesar disso não senti interesse em ler, por não ser um gênero que eu goste...
    bjs...

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Essa série parece ser muito envolvente! Mas só de pensar em começar mais uma e, deixá-la inacabada, já me dá uma tristeza. Tenho grandes dificuldades de finalizar séries :/ Vou anotar sua dica, mas vai demorar até eu chegar neste livro rsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. ai que medo de ler esse livro e me apaixonar!!
    fiquei com muita curiosade pra saber o que aconteceu ali no meio de tudo.
    livros que abordam temas como sindrome do panico sempre me chamam a antenção

    ResponderExcluir
  20. Eu tenho, tá na lista de espera, kkkk. Mas é tanta gente falando bem que não vai demorar muito para eu pegar para ler. Quero adquirir os outros da série também.

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)