28 de mai de 2018

[Resenha] Mil Beijos de Garoto

Livro: Mil Beijos de Garoto
Autora: Tillie Cole
Editora: Outro Planeta
Páginas: 400
Gênero: YA/Romance
Nota: 5/5
Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

Mil Beijos de Garoto é um livro que qualquer leitor apaixonado por romance não coloca defeitos. É realmente impactante, toca e emociona trazendo uma lição excepcional. Tillie Cole era uma autora que sempre ouvia elogios da sua escrita, e pude comprovar o quanto ela é incrível.

Rune Kristiansen e Poppy Litchfieild são amigos a começar da infância. Inseparáveis desde a mudança dele da Noruega para a Geórgia, o relacionamento dos dois muda de dinâmica quando chegam na adolescência — os melhores amigos se apaixonam. Obrigados por situações que fogem ao controle a separarem, prometem que serão fiéis e manterão contato diariamente. No entanto, sem justificativa Poppy deixa de se comunicar. Com dois anos de separação com ausência de explicações, o retorno de Rune para Geórgia exigirá que verdades venham a tona.



Antes de iniciá-lo, tinha bastante noção do enredo como um todo. Participando de um bate-papo sobre ele, acabei tomando alguns spoilers — na verdade muitos — que teoricamente não afetou minha leitura. Mesmo sabendo como a história seria conduzida, não deixei de ser encantada pelo enredo e obtive uma visão diferente dos que leem sem saber de certas situações. A minha perspectiva e meu objetivo não é era de ser surpreendida com os elementos colocados, e sim de como eles aconteceriam. De qualquer maneira fui abalada com uma delicadeza nunca vista antes, e o desenvolvimento brinca com nossos sentimentos a todo tempo. É uma montanha-russa de emoções vinda dos diálogos, das cenas e explicações que eu acho difícil não chorar em nenhuma situação — eu me debulhei em diversas.

Acima da construção do romance, acabamos tendo lições de vida — aquela pequena reflexão de como estamos vivendo — se não várias. O modo como nossa protagonista enxerga o mundo é admirável, e na conjuntura que ela vive foi de extrema importância — até para o que sucederia. Novamente falo que sabia boa parte do conteúdo, no entanto isso não atrapalhou a transmissão das mensagens propostas. Essas mensagens não são exclusivas das circunstâncias impostas na narrativa, mas também da escrita da Tillie que beirava o poetismo em passagens específicas.

"Não sei bem por quê, mas capturar momentos me fascina. Talvez porque às vezes tudo que temos são momentos. Porque não há repetições; o que acontece em um momento define a vida — talvez seja a vida." pág. 43

A evolução dos personagens é indescritível. O transcorrer de tempo em determinados pontos ajudou nesta percepção, e foi fundamental para entender o que cada protagonista pensava ou sentia. Mais do que a protagonista feminina, Rune tangeu a uma pessoa quase real de tão bem trabalhado que foi. Tenho uma maior conexão pessoal com ele pois se estivesse na sua situação, passando pelos exatos problemas, teria iguais atitudes. E a personalidade da Poppy é o alívio do enredo pesado, dramático e que abala os corações. Eu gosto do tipo de visão de mundo que ela tem — apesar de relutar na existência de pessoas no nível dela — e foi o ideal especificamente aqui. Proposital ou não, a autora dosou e acertou nas escolhas de perfis.

Aliás os secundários são um show à parte. Os pais de ambos e o irmão do personagem principal, Alton, são os maiores destaques. Fazem diferença tanto para ações acertadas quanto para ações duvidosas. Tem uma cena específica em que Alton reconhece a Poppy e fala sobre algo particular que é de partir o coração, te instigando a entrar no exemplar para consertar o que deu errado. Sensibiliza.



Tem dezenas de instantes memoráveis do casal e das lições que cada um aprende com a vida. É mostrado uma nova visão de quando temos tragédias irreparáveis. Aliás o final — que gera grandes questionamentos e até comentários negativos — na minha opinião foi o ideal. Não vivemos em um universo onde todas as nossas vontades, nosso querer dá certo, e trazer para uma ficção que beira o verídico esta mensagem, é importantíssimo.

Não posso falar nada além por que acredito que qualquer coisa pode transformar-se num spoiler. Fora do que está sinopse é interessante descobrir a medida que acontece a leitura. O que posso deixar e afirmar: tudo que opinei e ressaltei torna-o quase como único. É um YA que ganha voz própria e fascina todos que o conhecem. Tem uma escrita tão fluida que, confesso, precisei dar algumas paradas para respirar por causa da carga emocional contida. Recomendadíssimo aos fãs do gênero e aqueles que gostam de dramas com indagações sobre o significado de viver.

"— Eu sou a garota que acorda cedo para ver o nascer do sol. Eu sou a garota que quer ver o que há de bom em todos, a que é arrebatada por uma música, inspirada por arte. — Virando-se para mim, ela sorriu e disse: — Eu sou essa garota, Rune. A que espera a tempestade passar simplesmente para vislumbrar um arco-íris, Por que ser infeliz quando você pode ser feliz? É uma escolha óbvia para mim." pág. 171

Na parte física preciso nem dizer demasiadamente sobre a capa né?! Acho extremamente linda e foi um dos primeiros motivos que me fez conhecê-lo. É ligada intimamente ao conteúdo, e transmite a mensagem certa sobre o tom da obra. A Editora Planeta ganhou pontos comigo — até porque é quase idêntica a original. A diagramação é simples com detalhes nos inícios de capítulos. Não possui erro de concordância ou ortográfico em grande quantidade. A narrativa é feita em terceira pessoa por ambos pontos de vistas — Poppy e Rune.

Pelo tanto de elogios contidos na resenha é óbvio minha opinião final. Conheci a Tillie Cole pela série Hades Hangmen — que infelizmente não foi lançada no BR — em uma tradução péssima, e ali tive a noção do seu potencial. Ver esta opinião concretizar foi bacana e estou atrás do lançamento "Doce Lar" dela — que anseio ler em breve. Espero que tenham gostado!



E vocês conheciam Mil Beijos de Garoto, já tinham ouvido falar, conheciam a autora? Tem vontade de ler ou não? Deixa nos comentários! 

24 comentários :

  1. Nossa amei!!!Eu sou a garota que acorda cedo para ver o por do sol.Escolho ser feliz sempre!!!

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh eu sinto que vou chorar tanto com esse livro, mas quero ler <3
    Adorei sua resenha

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem? Adoro a capa desse e quero ler ele a bastante tempo, não consegui adquirir ainda, adorei sua resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  4. Eu estou louca para ler esse livro, só vejo elogios para ele. Acho a capa maravilhosa e a premissa me instiga bastante. Eu gostei muito de ver a sua resenha sobre ele e de poder ver um pouco mais sobre a trama.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana, apesar de não ter lido, eu conheço muito este livro, todo mundo se refere a ele como emocionante ou para chorar litros, só tua resenha já me emocionou e pude ter uma noção do que me aguarda na leitura.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carol! Como vai?
    Eu não queria ler esse livro, a princípio. Mas todo mundo falando dele e tal, decidi que iria ler mesmo sabendo o final. É um livro clichê, mas clichê ou não, amamos, né? É muito emocionante! O que mais amei no livro foi exatamente esse amor juvenil tão delicado e suave. Amei as fotinhas e a resenha!
    Super beijo,
    Sâm
    Blog Escrituras da Alma

    ResponderExcluir
  7. Oi! Respirando bem depois desse livro? Porque eu passei por um momento de ressaca em que nenhum livro me prendeu bem durante algum tempo. Ele é lindo sem medidas, especialmente pelo final bem inusitado. Rune é um sonho, justamente por seu lado tão real, junto ao seu lado "mocinho do livro". Tenho um grande carinho por esse livro e fico muito feliz que os spoilers não te desanimaram, pois é uma obra que merece mesmo ser lida. Amei a sua resenha, passou tudo que esse livro tem e muito mais!
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Esse livro esta na minha lista à algum tempo mas sempre deixo ele pra depois, não sei porquê haha.. Gostei bastante da dica e o enredo parece ser interessante e nem comento o quão maravilhosa é essa capa ❤ Espero poder ler ele em breve! Obrigada pela dica e pela preocupação em não trazer spoilers!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  9. Oii tudo bem??

    Acho esse livro lindo, mas ainda não bateu aquela vontadezinha de ler.
    Achei bem legal a forma como falou da personagem ir evoluindo, adoro isso nas historias.
    E fico feliz que seja um romance com algo mais, não apenas uma história de amor.
    Um dia pretendo ler
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  10. Eu acho essa capa tão amorzinho! No entanto, li algumas resenhas que nao gostaram tanto assim da obra, principalmente pela romantização de um beijo ainda criança, pelo que entendi. Enfim, sua resenha me fez ver um outro lado que me deixou bastante curiosa sobre o romance.

    ResponderExcluir
  11. ASinda não pude comprovar o quão incrível é a escrita da Cole, mas este livro está na minha lista de desejos. Fico muito satisfeita em saber que os spoilers não afetou sua leitura, pois mesmo sem ler já sei de muita coisa dessa trama. Gosto da ideia do romance nos fazer refletir, ainda mais fazendo isso com uma escrita quase poética, como mencionou. Ler sua resenha reforça minha vontade, quero muito ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?

    Eu acho essa capa bem legal, já li algumas resenhas sobre o livro "Mil Beijos..." e a grande maioria foram positivas, espero poder ler esse livro nesse ano.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Ainda não vi nenhuma resenha negativa deste livro, o que só aumenta minha curiosidade e vontade de ler. Bjs Rose

    ResponderExcluir
  14. Já li muitas resenhas positivas sobre esse livro e seus comentários me deixaram com muita vontade de ler a obra. Esse lado de falar sobre o viver me agrada muito e é uma ótima de chance de conhecer a escrita da Tillie Cole.
    A capa é linda e sua resenha tá completa :)

    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Esse livro é superqueridinho. Eu já tive a oportunidade de ler ele duas vezes e não me canso de amar esse livro. Eu acho que os personagens são muito bem construídos e adorei vê-los nos ensinando sabe? Também sou apaixonada pelo Alton. Quero reler esse livro outra vez rs.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  16. Esse livro realmente é elogiado por 99% dos leitores e tenho certeza que se eu lesse também gostaria afinal sou uma romântica de plantão. Foi uma delicia conferir sua opinão. Parabéns por mais uma leitura de sucesso!!!

    ResponderExcluir
  17. Aaah esse livro parece ser muito amorzinho haha. Já ouvi muitos comentários positivos sobre essa história, e se eu já estava curiosa antes, fiquei mais ainda após ler a sua resenha haha. Dica anotada, bjss!

    ResponderExcluir
  18. ' é um livro que qualquer leitor apaixonado por romance não coloca defeitos.' um aluno disse exatamente isso, lembro-me de ter sorteado em sala de aula e ele, apaixonado, leu e ficou todo bobão. eu acho um livro muito fofo para o público jovem, principalmente.

    ResponderExcluir
  19. Li esse livro e amei demais. Foi uma leitura que me emocionou muito, me colocou pra refletir e partiu meu coração em mil pedacinhos. A escrita da autora é incrível e não tem como a gente não se envolver de forma absurda. Admiro quem, como você, consegue ler e se envolver mesmo sabendo spoilers, eles já estragaram várias leituras para mim.

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?

    Eu tenho esse livro porem ainda não o li. Não sei se pelo momento em que estou passando, ou se realmente não é o momento mesmo. Ainda bem que mesmo com pegando spoiler, a leitura foi agradável. Lendo sua resenha, fiquei com vontade de ler, mas ainda darei um tempo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Ana, que resenha mais linda! Fico feliz em saber que gostou tanto assim da história, eu ainda não li esse livro, e confesso que a sinopse dele apesar de interessante, não me deixou tão entusiasmada a ponto de comprá-lo e fazer a leitura, mas irei indicá-lo para minhas alunas. Outra coisa que não conseguiria fazer com muita facilidade é ler um livro já sabendo alguns spoilers da história, e se conseguisse não me envolveria tanto assim.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  22. Esse livro parece ser apaixonante!
    Ainda não li o livro, mas ele já está na minha lista desde seu lançamento... Adorei sua resenha, e fiquei ainda mais curiosa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Eu já conhecia o livro, mas ainda não realizei a leitura... A história me pareceu ótimo e o fato de ter coisas a refletir me chama muito atenção... Amei a resenha e já anotei a dica!!!

    ResponderExcluir
  24. Oiee Ana ^^
    Como sou apaixonada por romances, esse é um livro que eu NECESSITO ler. Ainda não o li por que... bem, nem eu sei. Não ando comprando livros porque estou relendo os meus, mas também teve uma influência de uma resenha negativa: vi que a menina não gostou por N razões e fiquei com isso na cabeça. Mas não adianta, né? A gente tem que arriscar para ver no que dá. Pretendo lê-lo nas férias :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir

Olá! Colocar um comentário me deixaria muito feliz pois saber sua opinião é essencial para o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre :)