22 de nov. de 2021

[Resenha] Amores, Trens e Outras Coisas Que Saem dos Trilhos

em 22 de nov. de 2021

1 comentário

Livro: Amores, Trens e Outras Coisas Que Saem dos Trilhos
Autora: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 302
Gênero: Romance
Nota: ⭐⭐⭐⭐
*exemplar cedido pela editora*
Antes do ingresso na universidade, Hugo e sua namorada tem a ideia perfeita: passar uma semana inteira juntos em uma viagem de trem pelos Estados Unidos. Mas, então, ela termina o relacionamento e lhe devolve, como presente de despedida, as passagens para a viagem planejada de última hora. O único problema: está tudo – passagens, reservas de hotéis – registrado no nome de sua agora ex-namorada, Margaret Campbell. Intransferível e não reembolsável. Enquanto isso, em outro continente, Mae está ligeiramente sem rumo, tendo terminado recentemente um relacionamento que parecia caminhar a lugar nenhum e sofrendo por não ter sido aceita no curso de cinema na universidade. Quando o destino faz sua mágica e ela se depara com o anúncio de Hugo buscando uma substituta para Margaret Campbell (por coincidência, seu nome completo), ela tem certeza de que esta é exatamente a aventura que precisa para se livrar da recente decepção, alimentar a mente com ideias para seu próximo filme e, principalmente, sair da zona de conforto composta pelos pais e a avó. Uma longa viagem de trem com um completo desconhecido pode não parecer, realmente, a melhor das ideias. Mas para Hugo e Mae, ambos ávidos por escapar da rotina de suas vidas normais, faz todo o sentido... E o que começa como um improviso conveniente logo transforma-se em algo mais. Mas quando a vida fora do trem ameaça romper com esta nova – e já tão forte – conexão, será que eles conseguirão evitar que seus sentimentos um pelo outro fujam dos trilhos?

Amores, Trens e Outras Coisas Que Saem dos Trilhos é o mais novo lançamento da autora da Jennifer E. Smith, e sendo meu primeiro contato com a escrita e livros dela, saio encantada. É um romance super leve e fofo!

17 de nov. de 2021

[Resenha] A Ascensão da Rainha

em 17 de nov. de 2021

3 comentários

Livro: A Ascensão da Rainha #1
Série: A Ascensão da Rainha
Autora: Rebecca Ross
Editora: Galera Record
Páginas: 378
Gênero: Fantasia / Jovem Adulto
Nota: ⭐⭐⭐⭐+ 0,5
*exemplar cedido pela editora*
Uma rainha deve subir ao trono. Cabe a ela decidir quem. Brienna desejava apenas duas coisas: dominar a paixão de conhecimento e ser escolhida por um patrono. Os anos que passou em Magnalia, uma das mais renomadas instituições de Valenia, deveriam tê-la preparado para isso. Enquanto a maioria das aprendizes nasce com o dom e a herança para se dedicar a uma das cinco paixões – arte, música, teatro, sagacidade e conhecimento –, a jovem órfã penou até encontrar seu caminho no conhecimento, mas talvez seus estudos não tenham sido suficientes. Quando o fracasso parece incontornável, um senhor cheio de segredos oferece a Brienna seu patrocínio. Ela aceita com relutância, suspeita de suas intenções, e acaba envolvida em uma conspiração perigosa para derrubar o rei de Maevana – o reino rival de Valenia – e reconduzir a rainha legítima, e sua magia, ao trono. Na iminência de uma guerra, Brienna, que é maevana por parte de pai, deverá escolher a quem será leal: ao seu sangue ou à sua paixão?

A Ascensão da Rainha — primeiro volume da duologia de mesmo nome — da autora Rebecca Ross foi uma grata surpresa. É uma alta fantasia com aventuras, magia e conspirações políticas. Fui fisgada totalmente pelo título, que comecei sem grandes pretensões.

10 de nov. de 2021

[Resenha] Redenção Sombria

em 10 de nov. de 2021

2 comentários

Livro: Redenção Sombria #4
Série: Hades Hangmen
Autora: Tillie Cole
Editora: The Gift Box
Páginas: 420
Gênero: Romance Dark
Nota: ⭐⭐⭐⭐ 
Somente pelo sangue pode ser encontrada a mais profunda salvação... Ele nasceu para ascender. Ele estava destinado a liderar. Ele nunca deveria falhar. O Profeta Cain está quebrado e derrotado no chão de sua cela. Uma cela em que foi jogado pela única pessoa que deveria ficar ao seu lado até o fim. Sua carne e sangue, seu único companheiro. Seu amado irmão gêmeo. Cain sacrificou tudo pelo seu povo. Ele deixou a segurança da sua vida de estudos para se infiltrar nos infames Hades Hangmen. Ele viveu com eles, andou com eles e depois os traiu. Tudo em nome de uma fé que agora ele pode sentir se afastando dele. Como tudo o mais que ele considerou querido... Mas então seu isolamento é interrompido. Outro prisioneiro é levado para a cela ao lado dele. Uma mulher lutando contra seus próprios medos e demônios. Uma mulher que Cain entende precisar dele, assim como ele precisa dela. À medida que a conexão entre eles cresce, o mesmo acontece com a determinação de Cain. Ele corrigirá os erros que cometeu. Ele pagará pelos atos maléficos praticados em seu nome. Ele salvará a quem ama... Mesmo que a batalha o leve aos portões do inferno.

Finalmente dei continuidade a série Hades Hangmen, dessa vez conhecendo a história do personagem mais emblemático desse universo: Rider. Não existe meio termo para esse livro: ou você ama ou odeia. Redenção Sombria nos traz a perspectiva daquele que não deveria ser perdoado, porém por muitos, acabou sendo.

9 de nov. de 2021

[Resenha] O Duque Que Eu Conquistei

em 9 de nov. de 2021

3 comentários

Livro: O Duque Que Eu Conquistei #1
Série:  Segredos da Charlotte Street
Autora: Scarlett Peckham
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Gênero: Romance de Época / Erótico
Nota: ⭐⭐⭐⭐
Depois de superar a ruína financeira, redimir o nome de sua família e se tornar o mais lendário investidor de Londres, o duque de Westmead precisa garantir a continuidade de seu título e de sua fortuna. A única forma de fazer isso é gerar um herdeiro. Para isso ele tem que arranjar uma esposa que não interfira nos anseios sombrios que ele satisfaz na calada da noite nem faça exigências ao seu coração trancado para o amor. Poppy Cavendish, a ambiciosa florista contratada pela irmã de Westmead para decorar seu salão de baile, não é esse tipo de mulher. Ela sempre lutou contra as convenções sociais para manter a própria independência e, por isso, o matrimônio nunca esteve em seus planos. Mas agora Poppy precisa de capital para expandir seu negócio de plantas exóticas. E a atração que sente pelo duque é tão irresistível que, quando um escândalo acidental torna o casamento com ele o único meio de salvar seu ganha-pão, ela teme querer mais do que o título que ele oferece.

O Duque Que Eu Conquistei é um dos romances de época mais diferentes que já li — e olha que posso afirmar que desbravei diversos exemplares. Sendo o primeiro livro da série Segredos da Charlotte Street da autora Scarlett Peckham, ele é um título perfeito para quem busca algo ímpar no gênero.

1 de nov. de 2021

[Resenha] Mordida

em 1 de nov. de 2021

3 comentários

Livro: Mordida
Autora: Sarah Andersen
Editora: Seguinte
Páginas: 112
Gênero: Romance / Comédia
Nota: ⭐⭐⭐⭐⭐💗
*exemplar cedido pela editora*
Em seu novo livro, Sarah Andersen traz uma história de amor inusitada entre uma vampira e um lobisomem, com a linguagem em quadrinhos que já conquistou milhares de fãs na internet e nas livrarias. Em seus trezentos anos de vida, a vampira Elsie nunca encontrou um par perfeito. Tudo muda quando ela conhece Jimmy, um lobisomem encantador, com uma forte tendência a sair correndo por aí na lua cheia. Cada qual com seus hábitos incomuns, juntos eles levam uma vida de casal deliciosamente macabra, curtindo filmes de terror e livros de suspense, fazendo passeios à sombra e saciando seu apetite voraz em jantares refinados (sem alho!). Com traço gótico, humor ácido e repleto de romantismo, Mordida retrata os dramas reais de se apaixonar por alguém perfeito para você – mas ao mesmo tempo muito diferente. Em edição de luxo, com capa dura de tecido e laterais pintadas de preto, este é um livro de morrer.


Para quem gosta do universo sobrenatural e seres, imaginar uma história onde lobisomens e vampiros não possuem adversidades é difícil. E é ainda mais irreal, imaginar uma possível relação amorosa entre eles. Porém, como as histórias não possuem limitações ou barreiras, não é que Sarah Andersen consegue fazer o inimaginável acontecer em Mordida!? E que isso funciona perfeitamente para a história!? Pois é, me apaixonei por esse quadrinho!

28 de out. de 2021

[Resenha] Uma Proposta Irrecusável

em 28 de out. de 2021

6 comentários

Livro: Uma Proposta Irrecusável
Autora: Katie Fforde
Editora: Record
Páginas: 406
Gênero: Romance / Chick-lit / Comédia Romântica
Nota: ⭐⭐⭐+ 0,5
*exemplar cedido pela editora*
A jovem Sophie está sempre tentando agradar as pessoas e ajudar todo mundo, mas, quando se dá conta de que sua família nunca a levou a sério e que vive tirando vantagem dela, resolve dar um basta. Então não pensa duas vezes antes de aceitar o convite de uma amiga para trocar a vida no interior da Inglaterra por Nova York durante um tempo, principalmente depois de receber uma inusitada missão de um tio distante. No momento em que põe os pés em Manhattan, ela está decidida a aproveitar cada minuto de sua aventura. E é lá que conhece Matilda, uma grande dama da sociedade nova-iorquina. A conexão entre as duas é imediata, e a simpática senhora convida Sophie para passar o Dia de Ação de Graças em sua casa em Connecticut. Quem não parece muito feliz com essa repentina amizade é o neto de Matilda, Luke, um cara inegavelmente atraente, mas um poço de arrogância. E é por isso que Sophie fica tão surpresa quando, algumas semanas depois, o rapaz a procura na Inglaterra com uma proposta difícil de recusar...

Uma Proposta Irrecusável é um comédia romântica adorável de acompanhar. Acho que é uma leitura ideal para os fãs de Sophie Kinsella e/ou Marian Keyes, pois Katie Fforde tem uma escrita que se assemelha à dessas grandes autoras do gênero. Pode nos surpreender!
TOPO